Avançar para o conteúdo principal

2017 - Janeiro - 3 e 4 e o final do mês

Veio Janeiro e parece que a grande preocupação jornalística foi o tempo.
Como se nunca tivéssemos visto antes o primeiro mês do ano com frio, chuva e quiçá alguma neve.
Sim! o meu carro marcou -5ºC; um dia, à hora de almoço, apesar de um sol fantástico, estiveram 4ºC; outros dias caiu geada suficiente para ficar mais branquinho que o habitual...mas nada de "anormal" e que merecesse reportagens onde os entrevistados respondiam "pois, está o normal". Não obstante, e para me "guiar" de ano para ano, gosto de registar as ocorrências, incluindo as condições meteorológicas.
c




No sábado, dia 21 tive de ir trabalhar de manhã, Já referi anteriormente, mas ir trabalhar ao sábado (sem outro dia de compensação), "corta" o fds de uma tal maneira, que parece que nem o sinto. 

No domingo, esteve um dia de sol e fomos passear e brincar no Parque das Caldas da Rainha - que é um sitio que me traz sempre boas recordações e vontade de voltar lá mais vezes.



A semana foi mais do mesmo, mas consegui aproveitar algumas das "semi-hora-de-almoço" para tratar de roupas e outros assuntos.
...e do frio, passamos à chuva - que para mim é menos agradável que o frio
...

 Sábado 28

Nos dias de trabalho ou quando tem mesmo que ser, não me incomoda nada levantar cedo (até porque sou das "manhãs" e nunca fui da "noite".) Na sexta, deitámo-nos tarde para o habitual porque fomos beber chazinho com as amigas e no sábado deixei-me dormir " até querer".
Depois de acordar, andei a fazer uma corrida comigo mesma, com o objectivo de conseguir deixar a casa limpa e organizada até à hora de almoço.
À tarde, fui arranjar as unhas, fazer uma visita extremamente necessária ao cabeleireiro (meter cor), fui lanchar "fora"sozinha, fui ao supermercado, voltei a casa, despachei-me e saí de novo para jantar fora com as outras amigas (ex colegas de trabalho).

#161 new icon

Sinceramente, nestes jantares é mais importante porque a conversa em dia, do que propriamente comermos, mas se conseguirmos aliar as duas coisas, é ouro sobre azul. Basta dizermos: mesmo sitio, mesma hora e só fica por definir o dia.


Domingo 29
Foi dia de ronhonhar em casa: ler, cozinhar, zapping e todas aquelas actividades inerentes a um dia de chuvinha miudinha.



Dia 30
A "escolinha" fez uma acção com o objectivo de enriquecer a ludotoca: os pais contam um história aos meninos da sala e o livro fica lá. Como na 2ªf, teria de aliar outros compromissos, inscrevi-me nesse dia. Apesar de ter pedido o dia de férias, acabei por ir 2 horas, mas cheguei a tempo de contar a história....da Patrulha Pata :)  
À tarde, o Diego teve consulta em Lisboa e por outras razões (nada relacionadas com saúde) passei dos piores apertos do coração da minha vida. Experiência a não repetir.

 ...mais um dia e fechámos o primeiro mês de 2017.
Não foi um mês mau, e isso só pode ser positivo = ver o copo meio cheio.

Comentários

  1. Lulu geada não cai forma-se!!!

    O pai explicou isso milhões de vezes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois...se calhar não estava mesmo a prestar atenção. You know...tinha coisas mais interessantes para pensar :)

      Eliminar
  2. Também nunca percebi isso dos jornais (e inclusive abrirem-se telejornais) com a notícia de que está um "frio anormal" no... Inverno!!! E depois no Verão passa-se o mesmo com o calor. É o enche-palhas de tempo de antena. :)
    Gostei dessa ideia da ludoteca, com um pai/mãe a voluntariar-se para ler a história do dia. De certeza que o Diego ficou todo orgulhoso da mamã. :)
    Beijinhos grandes e um óptimo ano!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. R., ele gosta muito do "adivinha o quanto"!!! e quando dá na televisão diz logo " olha mãe, olha!!!" :) digo-lhe sempre que foi uma amiga que lhe deu!

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Um caso cabeludo...

Como é do conhecimento geral ( ou não!), a minha "área capilar" é dos sítios onde mais dinheiro tenho investido. Isto desde 2000 e troca o passo...
Sabem quando as mulheres se sentem invejosas com alguma coisa no corpo de outra mulher? Pois...a coisa que eu mais invejo é uma farta cabeleira e ver cabelos novos espetados a nascer! Esqueçam lá as coxas trabalhadas e os braços definidos! Se eu pudesse açambarcar alguma coisa de outra pessoa, era um cabelo mais farto.
Com a gravidez, não dava para fazer grande coisa, já que a maioria dos produtos eram contra indicados. Estava perfeitamente mentalizada que só iria retomar os tratamento lá para Outubro (supostamente seria quando deixaria de amamentar). Como as coisas tomaram outro rumo, deixou de haver razão para não atacar o mal pela raiz!
Alguns dias depois de ter parado a amamentação por completo, voltei aos cuidados capilares. Durante a gravidez o cabelo andou "o normal". Não senti "aqueles" benefícios tod…

Cuidados da pele - Rotinas e ácidos "The Ordinary"

Não sou dermatologista, nem facialista, nem especialista de coisa nenhuma, por isso a informação deste post reflecte a minha experiência pessoal e o que tenho pesquisado e lido em publicações que considero fidedignas.
Se me falassem há uns anos de "peeling" ou achava logo que era uma coisa muito radical e por "exfoliante" entendia que era aquela pasta dolorosa tipo "areia com agua". Com as pesquisas, fui entendendo as coisas de uma maneira diferente.

Adoro ouvir falar quem sabe realmente sobre produtos e explica as coisas de maneira que os leigos entendam. Recomendo vivamente duas senhoras que trabalham na "beauty industrie" : Caroline Hirons (UK) e  Stephanie Nicole (US) .

A minha pele da face sempre foi "boa". Não tive grandes crises de acne, nem marcas muito visíveis e sempre suportou confortavelmente as minhas oscilações de peso. Nos últimos anos, tenho-me preocupado mais com a qualidade da pele e menos com a maneira de disfarçar as im…

Road Trip Summer 2018 - Espanha!!!

Foram 6 dias "a andar".
Da Benedita seguimos para Toledo, onde passamos uma noite. De Toledo fomos para Albir, na zona de Benidorm onde estivémos 3 noites e exploramos as praias dos arredores. No regresso, ficámos uma noite na Ciudad Real e só depois rumámos a casa.
2190 Km depois, 880,00€ a menos na carteira, estes são os vídeos dos nossos dias, desde a preparação até à chegada:








E foi assim que passamos os primeiros dias das nossas férias de verão.