Avançar para o conteúdo principal

Uma voltinha por Viena - Áustria

Surgiu a oportunidade de ir a Viena na Áustria, com uma estadia de aproximadamente 32 horas. Estava a precisar de arejar e sair da "zona de conforto"; 
O custo era bastante amigo.  Falei com o homem - porque ele tinha de assegurar a " minha parte" dos cuidados com o Diego;  falei com o chefe para ver se podia tirar 2 dias de férias; 
Sabia que na prática poderia contar com umas 12 horas para explorar a cidade, mas achei que aquilo era mesmo o que estava a precisar.

Obviamente que não havia tempo para palmilhar toda a cidade, então, achei que o melhor seria para uma sightseeing tour de autocarro e assim poder ter uma perspectiva geral da cidade e saber um pouco mais da história enquanto íamos passando pelas atracções turísticas.


Schloss Shönbrunn

Quase ia sendo atropelada por uma bicicleta. Claramente (e infelizmente) não estou acostumada a estas coisas.

Shloss Shönbrunn é seguramente o sitio mais fotografável da cidade.


Belvedere
Para quem gosta de Klimt  está no sitio certo.

Theresien Platz

Não se aguentava o calor na cabeça. Óbvio que não me lembrei da remota possibilidade de levar chapéu de sol (já o de chuva passou várias vezes pela minha cabeça). Optei pelo Big Bus porque só tinha 2 rotas = menos confuso, mas com bastante abrangência. Se tivesse ficado mais tempo, provavelmente teria optado por outra companhia porque tinha mais rotas. Um bilhete (hip-on hop-off), para as duas rotas - 24horas ficou em 22.50€.
Votivkirche

Rio Danúbio

Na rua pedreste de Kärntner 

Stephansdom em Stephanplatz


A mala

Depois de tanto tempo, ainda não perdi "a mão" a fazer malas. Demorei cerca de 30 minutos a escolher, dobrar, empacotar e arrumar tudo o que queria levar. Não faltou nada, nem foi nada a mais= perfeito.

Fiz a panóplia de tudo o que queria levar e depois separei logos os líquidos e meti na minha mala do dia a dia, para facilitar o trabalho no controlo alfandegário. 
As pílulas enquadram-se muito bem nos cremes e makes, mas é daquelas coisas que tenho sempre à vista na casa de banho (perto da escova de dentes) para não me esquecer de tomar. 


O Hotel


Não fica localizada no centro antigo da cidade, mas é estrategicamente um meio termo entre o centro e outras atracções como o Shloss Schönbrunn. Instalações recentes, staff agradável e prestável e limpo. Ficaria lá de novo de boamente. 





As comidas:
Jantar do voo Lisboa- Viena
Pequeno almoço do voo Viena- Lisboa
E sim! acho que a TAP continua a ser das melhores companhias para voar, mas também sei há uma "cultura de dizer mal do que é nosso", exactamente quando deveríamos apoiar e incentivar a ser ainda melhor. Se puder escolher TAP não a troco por outra....mas admito que se tiver um voo com as mesmas características por umas dezenas de euros a menos, não digo que não né? Agora se a diferença não for significativa, esta é sempre a opção número 1.


O pequeno almoço do hotel

Uma almoço tipicamente austríaco: pizza! e só comi metade porque era enorme.
McDonald´s and free wifi
Outra coisa tipicamente austríaca: noodles!!! = jantar em cima da cama

O regresso a Lisboa

Tive o privilégio de, tanto na ida como na volta, descolar/aterrar no cockpit. Não foi a primeira vez, mas fico sempre fascinada com todas as operações que têm de fazer: bla bla bla = check; bla bla bla = check; liga botão-desliga botão; on-off; off-on. Parece tudo tão difícil, mas ao mesmo tempo fazem tudo parecer tão fácil (para quem sabe)....
Além disso tem mais janelas e há uma melhor percepção dos lugares onde estamos a passar.  
E foi isto! Uma vez mais tenho de agradecer à amigona PSG pelo seu coração do tamanho do mundo e pela sua paciência em aturar as amigas.

Comentários

  1. Que fixe uma escapadela faz sempre bem!! Quem me dera. Beijinhos Luciana

    ResponderEliminar
  2. Que belo passeio, faz muito bem à alma e ao coração. Adorei a fotoreportagem e que belo pequeno-almoço no avião! beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Sempre às ordens. Mas vocês é que me presenteiam com a vossa companhia, por isso, obrigada eu.

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Um caso cabeludo...

Como é do conhecimento geral ( ou não!), a minha "área capilar" é dos sítios onde mais dinheiro tenho investido. Isto desde 2000 e troca o passo...
Sabem quando as mulheres se sentem invejosas com alguma coisa no corpo de outra mulher? Pois...a coisa que eu mais invejo é uma farta cabeleira e ver cabelos novos espetados a nascer! Esqueçam lá as coxas trabalhadas e os braços definidos! Se eu pudesse açambarcar alguma coisa de outra pessoa, era um cabelo mais farto.
Com a gravidez, não dava para fazer grande coisa, já que a maioria dos produtos eram contra indicados. Estava perfeitamente mentalizada que só iria retomar os tratamento lá para Outubro (supostamente seria quando deixaria de amamentar). Como as coisas tomaram outro rumo, deixou de haver razão para não atacar o mal pela raiz!
Alguns dias depois de ter parado a amamentação por completo, voltei aos cuidados capilares. Durante a gravidez o cabelo andou "o normal". Não senti "aqueles" benefícios tod…

Cuidados da pele - Rotinas e ácidos "The Ordinary"

Não sou dermatologista, nem facialista, nem especialista de coisa nenhuma, por isso a informação deste post reflecte a minha experiência pessoal e o que tenho pesquisado e lido em publicações que considero fidedignas.
Se me falassem há uns anos de "peeling" ou achava logo que era uma coisa muito radical e por "exfoliante" entendia que era aquela pasta dolorosa tipo "areia com agua". Com as pesquisas, fui entendendo as coisas de uma maneira diferente.

Adoro ouvir falar quem sabe realmente sobre produtos e explica as coisas de maneira que os leigos entendam. Recomendo vivamente duas senhoras que trabalham na "beauty industrie" : Caroline Hirons (UK) e  Stephanie Nicole (US) .

A minha pele da face sempre foi "boa". Não tive grandes crises de acne, nem marcas muito visíveis e sempre suportou confortavelmente as minhas oscilações de peso. Nos últimos anos, tenho-me preocupado mais com a qualidade da pele e menos com a maneira de disfarçar as im…

Hormonas e os seus efeitos colaterais

A queda de cabelo é um grande problema que tenho. Na realidade sofro de alopecia androgenética, ou seja "calvice tipicamente masculina". Vou controlando a situação com tratamento: gotas + pílula Diane 35 + Androcur. Este medicamente é o meu milagre e o meu desespero! Na Bula: "O Androcur é um medicamento hormonal que bloqueia o efeito de androgénios...; tem influência favorável em situações androgenodependentes, tais como crescimento excessivo de pêlos no hirutismo (NOT ME), perda de canelo (alopecia androgenética)..."(ME, ME!!!) Não é nada de alarmante porque me acontece SEMPRE que retomo o tratamento. Já tenho esta prescição há uns 3 anos e depois de alguns meses, faço uma paragem que acaba por coincidir com as alturas em que consigo andar mais equilibrada na balança.Tive de retomar o tratamento, mas estou expectante de que esta fase de adaptação, que costuma durar uns 3 a 4 meses, passe depressa. Os efeitos secundários em mim e que estou a sentir agora: Tensão Mamá…