sábado, 1 de outubro de 2016

Uma voltinha por Viena - Áustria

Surgiu a oportunidade de ir a Viena na Áustria, com uma estadia de aproximadamente 32 horas. Estava a precisar de arejar e sair da "zona de conforto"; 
O custo era bastante amigo.  Falei com o homem - porque ele tinha de assegurar a " minha parte" dos cuidados com o Diego;  falei com o chefe para ver se podia tirar 2 dias de férias; 
Sabia que na prática poderia contar com umas 12 horas para explorar a cidade, mas achei que aquilo era mesmo o que estava a precisar.

Obviamente que não havia tempo para palmilhar toda a cidade, então, achei que o melhor seria para uma sightseeing tour de autocarro e assim poder ter uma perspectiva geral da cidade e saber um pouco mais da história enquanto íamos passando pelas atracções turísticas.


Schloss Shönbrunn

Quase ia sendo atropelada por uma bicicleta. Claramente (e infelizmente) não estou acostumada a estas coisas.

Shloss Shönbrunn é seguramente o sitio mais fotografável da cidade.


Belvedere
Para quem gosta de Klimt  está no sitio certo.

Theresien Platz

Não se aguentava o calor na cabeça. Óbvio que não me lembrei da remota possibilidade de levar chapéu de sol (já o de chuva passou várias vezes pela minha cabeça). Optei pelo Big Bus porque só tinha 2 rotas = menos confuso, mas com bastante abrangência. Se tivesse ficado mais tempo, provavelmente teria optado por outra companhia porque tinha mais rotas. Um bilhete (hip-on hop-off), para as duas rotas - 24horas ficou em 22.50€.
Votivkirche

Rio Danúbio

Na rua pedreste de Kärntner 

Stephansdom em Stephanplatz


A mala

Depois de tanto tempo, ainda não perdi "a mão" a fazer malas. Demorei cerca de 30 minutos a escolher, dobrar, empacotar e arrumar tudo o que queria levar. Não faltou nada, nem foi nada a mais= perfeito.

Fiz a panóplia de tudo o que queria levar e depois separei logos os líquidos e meti na minha mala do dia a dia, para facilitar o trabalho no controlo alfandegário. 
As pílulas enquadram-se muito bem nos cremes e makes, mas é daquelas coisas que tenho sempre à vista na casa de banho (perto da escova de dentes) para não me esquecer de tomar. 


O Hotel


Não fica localizada no centro antigo da cidade, mas é estrategicamente um meio termo entre o centro e outras atracções como o Shloss Schönbrunn. Instalações recentes, staff agradável e prestável e limpo. Ficaria lá de novo de boamente. 





As comidas:
Jantar do voo Lisboa- Viena
Pequeno almoço do voo Viena- Lisboa
E sim! acho que a TAP continua a ser das melhores companhias para voar, mas também sei há uma "cultura de dizer mal do que é nosso", exactamente quando deveríamos apoiar e incentivar a ser ainda melhor. Se puder escolher TAP não a troco por outra....mas admito que se tiver um voo com as mesmas características por umas dezenas de euros a menos, não digo que não né? Agora se a diferença não for significativa, esta é sempre a opção número 1.


O pequeno almoço do hotel

Uma almoço tipicamente austríaco: pizza! e só comi metade porque era enorme.
McDonald´s and free wifi
Outra coisa tipicamente austríaca: noodles!!! = jantar em cima da cama

O regresso a Lisboa

Tive o privilégio de, tanto na ida como na volta, descolar/aterrar no cockpit. Não foi a primeira vez, mas fico sempre fascinada com todas as operações que têm de fazer: bla bla bla = check; bla bla bla = check; liga botão-desliga botão; on-off; off-on. Parece tudo tão difícil, mas ao mesmo tempo fazem tudo parecer tão fácil (para quem sabe)....
Além disso tem mais janelas e há uma melhor percepção dos lugares onde estamos a passar.  
E foi isto! Uma vez mais tenho de agradecer à amigona PSG pelo seu coração do tamanho do mundo e pela sua paciência em aturar as amigas.

domingo, 18 de setembro de 2016

De Agosto para Setembro.

Nos dias da nossa rotina em que acordamos antes do por do sol e nos deitamos bem depois do sol posto, achamos que não se passa nada e não "fizemos nada". Se calhar nem fizemos nada de relevante ou interessante, mas a questão é que fizemos alguma coisa. Na posterioridade é que o "não registo" nos leva a pensar que a vida nesta fase foi um vazio.
Assim, decidi fazer um registo mais ou menos diário/semanal para que consiga ir acompanhando a minha vida.

A minha máquina fotográfica achou que nas férias tinha trabalhado de mais e resolveu morrer para a vida. Achei eu que ela teria uns 2 anos e depois de consultar o blog (lá está a cena dos registos!), descobri que já tem 4! (o que é só o dobro do que eu estava a pensar). Atendendo a isto, os registos fotográficos são feitos com o telemóvel, que apesar de dar para desenrascar, não é a mesma coisa.



22 a 28.08.2016

Recomeço do trabalho. Foi uma semana laboral de 65h. 
Para entrar ao serviço entre as 6h30 e as 7h00, levantei-me sempre às 5h30. De 2ªf a 4ªf correu bem e consegui sair às 19h. 5ªf e 6ªf foi para esquecer. O chefe estava de férias e eu fiz a substituição dele em algumas funções; À conta dessa pressão e desgaste, os 2kg que tinha ganho nos 15 dias de férias foram à vida em 5 dias de trabalho. 


No sábado, como não tínhamos plano para a tarde resolvi passar o serão no Centro Comercial Colombo. Acho que pela primeira vez em 2 anos, fui sozinha e sem stress às compras. A minha veia"consumista" diminuiu muito nos últimos anos, mas o cachopo tem de andar vestido e também precisava de algumas coisa para mim. Só comprei coisas ou em promoção ou com preços que achei aceitáveis e apesar de ter entrado em muitas lojas, só fiz aquisições em 3: Primark, HM e Lefties.


No regresso a casa, ainda parei no clube de video. O quê?? mas quem é em pleno séc XXI vai ao clube de video??? Eu! Não gosto muito de ver downloads piratas e alugar no MEO sai o dobro do preço. Escolhi o "The Danish Girl" e adorei.
(Constatei também que não vou ao cinema desde Abril de 2014!!!! Situação a reverter com urgência )

De resto, no domingo não pus os pés fora de casa. 
Parte da manhã foi a "destralhar" brinquedos do Diego. O que já não estava muito adequado à idade dele foi embalado e remetido para o sótão. Dos brinquedos todos que ele tem, posso dizer que comprei uns dois. O Natal e os anos são generosos e se as outras pessoas lhe oferecem ou emprestam, não há necessidade de investir mais nesse campo. Arrumei tudo no seu canto dos brinquedos= hall de entrada da sala que ninguém usa porque vai tudo pelas traseiras. O estado de graça não durou muitos minutos porque o Diego ficou super incomodado de ver que estávamos a invadir e a mexer no seu espaço, e desatou a "arrumar" tudo à maneira dele.


29.08 a 04.09.2016

A semana de trabalho também rendeu 65h, incluindo a manhã de sábado. Isto de ir ao sábado é uma treta porque encurta o fds de tal modo que ao domingo há sempre aquela sensação de "ontem estive a trabalhar e amanhã tenho de ir outra vez".
Uma colega do departamento entrou de férias e temos de dividir o trabalho pelas que sobram.
Os almoços revezam-se entre saladas e sandes e nunca demoram mais de 10 minutos. Às vezes é preciso de uma pausa, mas uma pessoa pensa "há tanta coisa para fazer que isto não contribui em nada para eu sair mais cedo".



O Pedro esteve de férias e a cuidar do Diego até dia 31. Nesses dias fui trabalhar na mesma às 6h30. No dia 1 de setembro voltámos à rotina: o Pedro voltou ao trabalho, o Diego recomeçou a escolinha, eu voltei a entrar no trabalho às 8h.

Estava a antever que os primeiros dias na escolinha iriam ser um desafio -educadora e auxiliares novas assim como o voltar a uma rotina mais fixa. Até se passou bem. No primeiro dia cheguei lá às 7h30 - ainda clima de férias, ninguém nos corredores, salas vazias e nada de amigos do Diego. Fiquei uns 15 minutos até sentir que ele já estava mais à vontade e não ficou a chorar. Acho que desde que ele frequenta a instituição = 2 anos, só ficou uma vez a chorar, por isso o saldo é claramente positivo.

No entanto, não sei se é por causa da alteração das rotinas, não sei se são os "terrible two", mas há dias que testa a paciência de uma pessoa. Nem ele próprio sabe o que quer, anda rabujento e birrento. Nós também temos os nossos dias assim, não é? Acredito que seja só uma fase.

Desde o meio de Agosto, o D começou a ficar com umas borbulhinhas que lhe foram minando o corpo. Fomos ao médico de família que não conseguiu fazer um diagnóstico específico. Enviei mensagem à pediatra que me aconselhou a consultar um dermatologista. Dentro das redondezas tentamos arranjar uma consulta rápida. No dia 1 fomos ao médico e o diagnóstico foi eczema. Na próxima semana voltamos para ser observado.

No sábado de manhã fui trabalhar "greeeeehhhhhhh" e à tarde fui "fazer" as unhas e voltei à francesa depois de muito tempo só a usar cores.

À noite, a minha família veio jantar cá a casa e o homem fez bacalhau com batatas no forno. Ou seja, o sábado não me rendeu nada a nível de "trabalhos de casa" e no domingo repeti a proeza, 

No domingo acordamos tarde = 9h, mas acho que estávamos todos a precisar de descansar. Ainda aproveitamos para passear e fomos até à Nazaré.


Como não estava sol quando iniciamos o passeio no calçadão, não levei chapéu na cabeça. O resultado não foi dos melhores. Fiquei com uma mega dor de cabeça, super enjoada e no dia seguinte veio a consequência: forte dor de garganta e passei a semana cheia de sinusite e com a voz alterada. 


Inesperadamente, ainda no domingo, as amigas marcaram uma visita a outra amiga que vive em Paço d´Arcos e lá foram 9 pessoas fazer 108km para cada lado, para os cachopos comerem fartura e andarem de carrossel :) Era uma visita prometida e devida há muito e que acabou por se efectivar num dia que ninguém estava à espera. Estava muito calor em Oeiras e fiquei toda "apegada"= detesto essa sensação. 

Outra coisa que aconteceu esta semana= recebi uma encomenda do Japão....com uns meses de atraso. Já tinha comprado coisas no Ebay e tinha corrido bem. Desta vez pensei que comprava tudo num fornecedor e o resultado não foi o melhor. O total da encomenda foi de 41.9Usd e 2 dias depois de ter feito a encomenda ele enviou tudo certinho e direitinho. Isto foi a 12 de Junho e suponho que deva ter entrado em Portugal a 20 de Junho. Nunca mais chegava e eu comecei a pensar no que é que tinha corrido mal, mas como não tinha tracking number era dificil saber. Troquei alguns emails com o vendedor que me meteu super à vontade. Já tinha visto na net algumas reclamações sobre a alfândega (na parte dos CTT) e o facto de reterem algumas encomendas com valores superiores a 22€. Fiquei de sobreaviso e enviei um mail a perguntar de havia alguma encomenda retida. Passado algum tempo responderam que não tinham nada. Esperei mais um par de dias e pedi o reembolso ao fornecedor, que me fez prontamente. Nesse mesmo dia, chegou uma carta dos ctt a dizer que a encomenda estava retira pela AT . Fantástico!!! Pediram alguma documentação que eu enviei e fiquei à espera durante 1 mês para que me dissessem alguma coisa. Acabou por chegar inesperadamente no correio, sem ter de pagar mais nada.
Conclusão: recebi os produtos e já tinha recebido o reembolso do fornecedor. Francamente não me pareceu justo nem honesto ficar com o que não era meu e contactei-o para lhe dizer que queria pagar de volta. Operação concluída com sucesso.
Vão pensar que sou "banana". Afinal de contas, não era roubo e ninguém ia reclamar, mas já me chega o que tenho de fazer em outras situações. Quando sou eu a decidir, acho que tenho de ir de acordo com a minha consciência e valores.



05.09 a 11.09

.Como no fds estive pouquíssimo tempo em casa, a minha "vida doméstica" ficou muito atrasada. Por incrível que parece ninguém fez nada nem apareceu nenhuma fada. 
Felizmente que esta semana só teve 53h de trabalho (=felicidade) e por isso o "tempo livre" ainda me rendeu. Imagino o que faria se só trabalhasse 40horas....era como estar de férias ;)
Não obstante, levantei-me todos os dias às 5h30da matina e sempre dava para passar roupa a ferro ou organizar outras coisas. O problema é que a esta hora, os homens ainda estão a dormir e não convém fazer barulheiras desnecessárias, por isso é sempre mais limitado.
Além disso, não houve muita coisa relevante.

.O Diego foi outra vez à dermatologista para ser observado e está francamente melhor.

.Recebi outra encomenda....mas da Coreia do Sul. É impressionante como chegam cá rapidamente. Já aprendi a lição e não vou fazer encomendas superiores a 22€.


No sábado de manhã fui ao shopping das Caldas da Rainha - La Vie,Só entramos em 4 lojas mas tive de levar uma baby sitter para o Diego (as madrinhas são mesmo para isso). Conseguir ver alguma coisa com ele é mentira.
 Despachamos uma prenda de baptizado e aproveitei para cuscar algumas coisas na loja de cosméticos Wycon. Tem preços bastante acessíveis, mas quanto à qualidade ainda não consigo dizer. Comprei algumas coisinhas básicas que tinha em falta.


À noite, não me estava a apetecer cozinhar. Encomendei pizza e aluguei um filme: "Spotlight" . Gostei. Numa altura em que se pensa que jornalismo é CMTV (não tenho nada contra, mas seguramente que não tenho nada a favor) é bom ver que o jornalismo de investigação consegue fazer a diferença.

O domingo foi para relaxar (fiz a maioria dos trabalhos domésticos no sábado à tarde), tratar um bocadinho de mim, ir ao supermercado, descansar um bocadinho e tal...e fomos ver as "vuntuinhas" à Serra dos Candeeiros.O Diego gosta dessa "actividade"
À noite estivemos na festa de anos do meu afilhado mais velho que já fez 13 anos. Oh man. I´m feeling old!

12.09 a 18.09

Nesta semana não houve grande coisa a declarar, mas tive algumas boas novidades e surpresas (nada que vá desenvolver agora);

Como a minha sombra básica já deu o que tinha a dar, comecei a usar a que comprei na Wycon em promoção. Ficou por 2.90€, mas vale muito mais do que isso. Tem pigmento suficiente e aguenta-se muito bem até ao final do dia.

No sábado, tive de ganhar paciência e enfrentar uma ida ao cabeleireiro. Correu super bem e despachei-me em 1 hora. Além disso, despachei também uns centímetros de cabelo que só estavam a travar a penteação e voltei à franja. Volta-não-volta corto, depois deixo crescer e depois corto outra vez. Sou muito "despojada" e acredito que o cabelo "é um bem de raiz" e volta a crescer (pelo menos gosto de pensar assim).

Uma coisa que quero registar é a minha disciplina para tomar os suplementos que acho e noto que me fazem bem. Desde o principio de Agosto que tenho feito tudo certinho e direitinho:
.Magnésio - cansei de acordar a meio da noite com cãibras. Muito mau mesmo. Melhorou muito!
.Omega 3 - pode ser psicológico, mas acho que é importante para o meu cérebro.
.Ecophane - nutrientes para o cabelo; Não tomo o ano todo, porque o dermatologista diz que não vale a pena, mas faço por alguns meses, paro um par deles e volto novamente. Desta vez, vou na segunda latinha ( que custa +-37€ e dura 1 mês). Não é propriamente amigo da carteira, mas são escolhas que tenho de fazer.



No domingo, tivemos o baptizado da Emília. Diego portou-se super bem (graças a Deus!), mas ficou tão moído, que chegou ao carro e adormeceu (nem tínhamos andado 30 metros).



Brincadeira também dá canseira.
 Comidinhas , família, conversa. The best.


 



E é assim....preparadíssima para mais uma semana que se prevê ser boa. Wish me luck...