domingo, 26 de abril de 2015

Um ano (já???)

Se me perguntarem se o dia 16 de Abril de 2014 foi o dia mais feliz da minha vida eu direi que não. Foi seguramente um dia de emoções fortes e pelas quais nunca tinha passado, mas não foi uma explosão de felicidade. Marcou sem dúvida o começo de uma "nova era" em que todos os dias tenho essas "mini explosões de felicidade". Olhar para o Di, e sentir que o amor transborda e inunda o meu coração de uma forma indescritível é a melhor sensação do mundo e isso não se pode condensar num só momento.

Isto para dizer que um ano passa rápido de mais. Um ano em que aprendi tanto e ao mesmo tempo senti que, de uma forma natural, já sabia aquilo tudo, mas precisava de alguém que o fizesse brotar.

A partir daqui, já começo a fazer comparações: há 1 ano era assim, hoje está assim.

Contra as minhas expectativas, não consegui tirar o dia de férias para ficar com o Di. Ainda assim, consegui fugir para lhe ir cantar os parabéns ao infantário (e voltei para o trabalho).

Quanto a outra celebrações, decidimos que faríamos a festinha mesmo no do seu aniversário. Uma 5ªf à noite não é o melhor dia para reunir familiares e amigos, mas também não seria fácil fazer ao fds porque haveria "primeiras comunhões" (uma das quais sou a madrinha) e outro aniversário na família.
Mesmo assim, contamos com a presença de 30 pessoas muito importantes na nossa vida.

O aniversariante não estava nos seus melhores dias:febre, resmeira e muito xoxo, mas mesmo assim batia as palminhas.


Na escolinha:



Deixa lá provar um bocadinho de pão de ló:



Em casa:

Às 22h30 quando já estava fato de fotografias!

Este ano foi bom!..., mas para o ano, espero aproveitar mais o dia com ele.

A todas as meninas que "nos" desejaram os parabéns via fb, instagram, o nosso obrigado!!!! 

domingo, 5 de abril de 2015

Uma Páscoa Feliz!!

Na região centro, a Páscoa não tem um significado tão especial como, por exemplo, na zona Norte do país. Suponho que, quem é "religioso praticante", a quadra lhe diga mais. Por estes (meus) lados "trocam-se" amêndoas e ovos da Pascoa com os afilhados #marketingafuncionar.
Ponto positivo = sexta feira santa continua a ser feriado (mesmo para os católicos não praticantes).


Vou fazer um mini resumo das últimas semanas:

O primeiro dia do pai...

Para o meu homem foi o primeiro dia do pai, como pai, e o primeiro dia do pai, sem pai.

Passeatas 

Tentamos dar umas passeatas "low cost" aos fds, É uma boa maneira de libertarmos o stress da semana. Pena que a seguir ao domingo vem a segunda-feira! Definitivamente... deviam acabar com isso!

"Já tenho preceito para andar nisto...mas é um bocadito parado, não?"

"Ah...isto já faz mais o meu género"

Por "falar" em mexidice/traquinice...há uma semana o D caiu na sala, bateu com a cabeça/cara numa mesa e abriu o sobrolho. Optamos por não ir ao hospital porque achamos que conseguíamos controlar a situação em casa (apesar do sitio ser tramado: perto de mais dos olhos). Ainda fiquei a pensar "mas será que devia ter ido? será que fiz bem em não ir?"... Felizmente ele saiu ao pai e ao avô materno: tem "carne de cão" (expressão pouco feliz para dizer que apesar das mazelas, consegue superar e curar depressa as feridas).
Suponho que esta foi a primeira de algumas feridas, mas "faz parte".
Já a sarar.

...e uns dias depois, fomos presentados com uns dias de sol. Aleluia!!!! eu sei que "ainda não é tarde" para isso, mas realmente a vitamina D faz-me uma falta brutal.
6ªf Santa em Al...Almeirim, Alpiraça, Almourol

Sábado - Nazaré

Não me canso de olhar para o cachopo e pensar que ele não vai mesmo parar de crescer e que todos os dias aprende milhentas coisas novas. A melhor fase é mesmo a que ele se encontra nessa altura. Quando era bebezinho, a melhor fase era essa. Agora que está a crescer, a melhor fase é esta. Quando for para a escola primária, a melhor fase vai ser aquela. Ou seja, é viver o presente. Eles nunca mais vão ter "meses", nem 1 ano, nem 2 anos, nem tão pouco 20. Cada fase é uma fase que não se repete, e acho que não há "melhor nem pior". Há fases diferentes. 

Com a mudança da hora, começou a acordar religiosamente às 6h00 da manhã - fds incluídos! Continua com energia para dar e vender, mas até o guerreiro precisa de descanso, não é?


A outros níveis, a minha vida está uma pequena desgraça: exercício físico nulo e alimentação pouco "pensada". Peso menos do que quando engravidei, mas esse não é o ponto fulcral da questão. Sinto-me "intoxicada" e mesmo com necessidade de "depurar" (sem "depuralinas", nem nada disso!) mas isso dará outro post.

Provavelmente o facto do pão "made at home" ter regressado, não ajuda muito à festa. Depois de mais de 1 ano de paragem, devido a avaria da máquina Tefal, o homem resolveu comprar outra do Lidl. Metade do preço e espero que a vida seja mais longa!

Boa Páscoa!!