segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Ponto de situação #4

As nossas férias:

Tínhamos feito planos e reservas no sentido de passarmos 3 dias fora de casa. Cancelamos tudo no deadline. As coisas acabaram por evoluir noutro sentido e as "férias" foram feitas cá por casa. Obviamente que, senti um bocadinho falta de "coisas de verão": praia, piscina, areia...e até senti falta daquela moleza de um dia de dolce far niente. Suponho que para o ano também haverá verão, a água estará mais quente...e o cachopo já andará. Ou seja, voltará ao mesmo mas será sempre diferente.

E aqui vão algumas provas de que o tempo passa a correr e mais vale aproveitar bem:

A primeira sopa do D.

Oi? mas nasceu ontem e já come sopa???
Quer dizer...vai comendo! Uns dias come mais, outros menos. Ainda pensei que fosse a minha sopa a não saber muito bem, mas já provou "de outros lados" e continua a não encarrilhar muito bem com o processo. Não é caso para stresses desnecessários, nem para grandes guerras: vamos insistindo, mudando sabores...Fome não vai passar.
Nota: cada pediatra, sua sentença. A pediatra do D. não é nada complicada e com excepção de 4 legumes (ainda não indicados), posso fazer as conjugações que desejar.

A primeira sopa básica



Vestido a rigor e sem ter ideia do que o esperava...
Eu dava a sopa e o pai ficou encarregado de filmar. 
Há momentos que não se repetem. Ui!!!que cara tão feia...
...e depois da sopinha. Apesar de ter usado um babete e o "bibe", a roupa dele ficou neste estado:


 As passeatas pelo Oeste...

Aproveitamos então que ficamos em casa, para dar alguns passeios nas redondezas. Sempre que o calor apertava, evitávamos de sair de casa, já que o D. não reage muito bem. Faz uma espécie de alergia, apesar de já estar a melhorar com a idade.

 Caldas da Rainha - estátua "Maternidade" - apropriada para a foto.
 Óbidos - a calçada não é nada amiga dos carrinhos de bebé, mas a atmosfera da vila compensa isso.
Nazaré - final de tarde

Peniche - Caldeirada! Verão que é verão, não passa sem uma Caldeirada em Peniche...os restaurantes no centro, estavam com filas enormes! Acabamos por almoçar num sítio mais recolhido, mas que só tivemos de esperar alguns minutos para entrar.
Família - Uma tarde bem passada.
(e não! as casas da minha família não são assim! foi mesmo um "empréstimo")

A "escolinha"

Posteriormente desenvolvo o tema num post mais dedicado, mas o D. já anda na "escola".
As primeiras coisas para ele levar: fraldas, leite, chucha, Ben-u-ron, toalhitas, mochila, coisinhas dele...
Os primeiros 3 dias correram bem: 
No 1º, ficou uma hora e meia para conhecer as educadoras e o espaço; no 2º, ficou duas horas e dormiu uma sestinha; no 3º ficou cinco horas e meia: dormiu sestinha, comeu sopa, bebeu leitinho, voltou a dormir. Tudo muito gradual, porque a mãe precisava de se acostumar à ideia de não o ter "à beira" 24/7. 

Esta semana também irá a meio tempo. Dará para eu me organizar mais em casa, descansar um bocadinho, tratar de questões pendentes e fazer tudo o que tenho a fazer para que, assim que o for buscar, poder passar "tempo de qualidade" com ele. 
(Fui deixá-lo há hora e meia e já estou cheia de saudades.)

Basicamente é assim que andamos por aqui. Vou dando notícias!  

13 comentários:

  1. Ele já come sopa e vai para a escolinha?!?! Mas não foi ontem que anunciaste que estavas grávida?! Estou a brincar, passa muito depressa, sim. Parece que ainda ontem estava a passar pelo mesmo e a rapariga já me vai fazer 12 anos...
    Cá em casa a prioridade continua a ser passar tempo de qualidade com ela... e cozinhar, vá, também não queremos passar fome! Tudo o resto é para se ir fazendo. Beijo
    P.S.: ele está lindo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :) Eu confesso que ando farta de cozinha. Jantar e almoço para dois adultos não é fácil! Haja imaginação para fazer coisas rápidas, mas saudáveis.
      (Ele teve férias + 2 semanas de licença paternidade)

      Eliminar
  2. Lu, eu costumo colocar alface na sopa do JM para que fique mais doce, é uma questão de ir experimentando tudo...
    Eu em Agoso também optei por fazer férias por casa e confesso que fiquei cansada, se queria ir passear tinha que fazer sopa para levar para o almoço e deixar pronta para o jantar para o JM, mas foi bom porque os dias em que esteve pior o tempo o miudo fartou-se de brincar com as tralhas dele e isso também lhe faz muito bem.

    Ai a "escolinha"... Esse bicho de sete cabeças que depois dá imenso jeito! Pensa positivo, ele assim habitua-se desde pequenino, depois não lhe vai custar tanto e a ti custa agora, (confessa lá, o tempo em que ele esteve lá no primeiro dia passaste a suspirar?) mas depois dá imenso jeito, para que voltes a sentir-te tu própria, faz muito bem!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já fiz com alface e por acaso, acho que foi a que comeu pior...(mas eu provei e também não gostei muito :))
      Tenho metido um bocadinho de batata doce. Parece que hoje já comeu melhor (na creche).
      O JM está com quantos meses agora? A logística, seja em que fase for, já não é a mesma que "só nós dois", mas vem o acréscimo de "gostosura", que compensa tudo!

      Eu acho que ele é mesmo muito bem tratado na creche e fica lá todo contente. Fosse com a minha mãe ou numa ama, os meus "blues" iniciais iriam ser os mesmos. É mesmo uma questão de "ficar longe dele" e enfrentar aquela dependência que as mães criam :)

      Eliminar
  3. É um passo importante e nada fácil deixar assim as "crias". Ele se calhar ainda nào se apercebe muito, mas vai ser bom tanto para ti como para ele para, aos poucos, ires voltando às tuas rotinas e ele ir lidando com isso. Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ele sempre foi um menino muito independente (na medida do possível) e isso agora facilitou em muito o processo. É encarar com naturalidade :)

      Eliminar
  4. É tão giro ver a reação dos bebés a novos sabores. Vou fazer como tu e filmar quando for da primeira vez eheh Pois o Diego já está na escolinha passa mesmo depressa. E ele não estranhou? E tu, deves ter sentido o coração apertado não? beijinhos aos dois

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Filma mesmo! Depois é super giro veres a "desgraça" e pensares em como ele evoluiu.
      Não estranhou nada! como se tivesse lá andado a vida toda. Eu fiquei com o coração apertadinho na noite antes, mas sempre que o deixei, apesar de ficar logo cheia de saudades, sabia que ele estava bem e eu também ficava bem :)

      Eliminar
  5. Ahhhh, estiveste por cá na caldeirada?!? :)
    Oh Lu, diz-me só uma coisa, quem é que tem que se habituar à escolinha? É mesmo o D ou é a mãe do D? :)
    Porque entretanto deves começar a trabalhar, e eu sei, que tenho amigas que choravam baba e ranho quando deixavam os miudos no infantário, nos primeiros dias.
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este ano não houve SuperTubos, mas a Caldeirada não faltou!
      Foi mesmo a mãe do D. que teve de se acostumar :)

      Eliminar
  6. O tempo passa mesmo depressa, juro que pensei aquilo que escreveste "já come sopinha?!". Acho que ele é tão parecido ctg!! Isso da escolinha é q deve ser mais dificil para ti passar de estar sempre com ele a estar sem ele uma carrada de horas...mas tem msm de ser. Beijinhos grandes aos dois

    ResponderEliminar
  7. A primeira papa, a primeira palavra, o primeiro passo são memórias fotograficas que podemos guardar para sempre. Da minha vilha mais nova tenho, da mais velha infelizmente não tenho nada...
    A sopa aos poucos eles vão-se habituando aos sabores. Felicidades
    Pinta

    ResponderEliminar
  8. Adorei a frase: "Vestido a rigor e sem ter ideia do que o esperava...".
    Está um grande o teu Diego! Bjs gds

    ResponderEliminar