terça-feira, 4 de março de 2014

Coisas da semana, do fds e da semana outra vez

 Fechou-se Fevereiro e sinto que Março vai passar bem rápido.
 À pergunta: "então? é para quando?"  respondi : é para Abril. E depois de constatar a realidade por uns momentos  rematei com "ou seja, para o mês que vem." Quero aproveitar o que falta. Quero conhece-lo, mas espero aguentar bem estas 7 semanas que nos separam. O essencial é que venha com saúde e supostamente, quanto mais perto estiver das 40 semanas, melhor. 

 Fim de semana:
 Um tempo mais "chungoso"  como o que esteve é difícil. Não estava frio. Cerca de 14ºC na rua, mas estava uma chuvinha "molha não molha". Conclusão - a humidade apoderou-se de tudo. A garagem escorria água nas paredes. Não se podia abrir janelas porque, em vez de arejar estaria certamente a contribuir para mais bolor.
 Agora que já me queixei do tempo, posso dizer que foi perfeito para as minhas actividades. Sair não me apetecia. Ficar a ronhonhar no sofá não me apetecia...porque depois ficava com a "consciência pesada" de ter passado um dia desperdiçado sem ter feito efectivamente nada e ainda não consigo conviver com isso naturalmente.
 No sábado de manhã, enquanto estava na elíptica e depois de "instagramar" com a Andreia , comecei a pensar em toda a roupa do menino que ainda tinha de tratar e decidido que "era o fds". Tinha tanta ideia de fazer isto, como de ir para a China, mas estando feito, fica feito. Não contei o número de"máquinas". Sei que foram muitas.Lavar, secar, passar...over and over again.
 Secar ao sol...temos pena, mas não aconteceu. Durante a semana não tenho horário que me permita meter a roupa ao sol enquanto trabalho - ficaria uma semana na rua e não secava. Esperar por um fim de semana com sol aceitável seria um "tiro no escuro". E convenhamos! nascem bebés em sítios em que o sol se vê uma vez por ano e não é por isso que deixam de se vestir. 
 Para as roupas que me foram emprestadas, tive um cuidado especial e ainda estão estendidas com o desumidificador ligado para ver se ajuda a secagem.

 Me and my baby a comemorar as 33 semanas.
O pc nem tem sido ligado e é neste tempinho na elíptica que me "actualizo" no telemóvel, mas é muito difícil comentar.
O trabalho de sábado e domingo.

Para descontrair um bocadinho, no sábado à noite fomos ao cinema ver "The Monuments Men".  Eu gosto daquela época histórica - II Grande Guerra Mundial - e dos actores - George Clooney, Matt Damon, Bill Murray... mas o filme não é propriamente uma obra prima. Acho que pode ser muito bem visto em dvd...ou quando passar na tv.

 O domingo foi a continuação de sábado na questão das roupas mas o homem deu uma pequena ajuda nas outras tarefas domésticas o que facilitou a logística, além do que tivemos visitas na tarde de domingo.
Posso dizer que cheguei à noite com a plantas dos pés estouradas - coisa que só me acontece quando ando mesmo muito.

 A semana já tinha sido cansativa e mal dormida. Não posso dizer que seja põe causa da gravidez. As  "dores" que tinha são as mesmas: volta não volta as costas atormentam e os sonhos continuam diariamente. Não há muito que possa fazer.
 O pior mesmo é que as noites mal dormidas afectam o dia. As pernas queixam-se mais, as enxaquecas ficam mais frequentes e o raciocínio  ressente-se. O café ajuda-me nessas alturas...mas a minha quota está reduzida a um por dia e engano o vício com descafeinado. Sinceramente não sei o que é menos mau: se a cafeína se o facto de sofrer mutações para ser descafeinado.

 Ah pois! Semana puxada, fim de semana estourada...e toma lá uma valente má disposição/insónia de domingo para segunda! What? Eu preciso de descansar, não é ficar mais cansada! Quem me manda a mim jantar cozido à portuguesa e comer morcela de arroz? Ninguém me mandou, mas foi o jantar. À partida sei que a morcela me deixa mal disposta, mas não a morcela de arroz. Desta vez o meu sistema digestivo não deixou passar incólume o"pecado". Adormeci...acordei com sede e bebi água qb. Pior!! morcela de arroz/má digestão/água- errado!!!

 Mas a minha alimentação não tem sido só à base morcela de arroz (à qual já fiz "uma cruz" até ao final da gravidez). Continua a ser tendencialmente "saudável" e com muita cor:
 Papas de aveia, banana, goji, sementes de chia.
 Kiwi: todos os dias.
Queijo, queijo e mais queijo (com a desculpa que é por causa do cálcio...).
Opto pelo magro/light no dia a dia e deixo o "normal" para os dias de festa.

 Continuando com a saga da insónia...
 Fui fazer chazinho que acompanhei com uma maçã (que para mim é das coisas mais digestivas que conheço)
e sentei-me na cama para não prejudicar a digestão enquanto os óscares passavam na tv e eu ficava à espera que o sono retornasse.
 Menos mal (ter alguma coisa para me entreter)... mas a magia definitivamente não é igual ao que era antes da internet. As coisas tinham um sabor totalmente diferente. Se não vias em directo, dificilmente poderias rever. Eu cheguei a gravar em Vhs e a fazer quase directas para não perder pitada...mas as coisas foram"evoluindo" para o bem e para o mal. 
 Na mesa de cabeceira: chá e maçã.
...e se não estivesse grávida o melhor mesmo seria beber uma coisinha doce para ver se ficava anestesiada e se dormia melhor.

 Sentei-me na cama para não prejudicar a digestão enquanto os óscares passavam na tv e eu ficava à espera que o sono retornasse. Conclusão: estive acordada da 1h30 às 5h10 da manhã. Só acordei às 7h39 com o homem a perguntar: "mas hoje não vais trabalhar?". Onde, quando, como , quem???? Nem o despertador/telemóvel me lembro de ouvir.

Mais assustador foi quando abri o e-mail e vi a newsletter desta semana do "WhatToExpect.com":


Week 33 of Pregnancy: Insomnia

Third-trimester insomnia strikes more than 75 percent of pregnant women — very tired pregnant women.




How unfair — that when you need it the most, you can't get it. You keep on telling yourself it's the last opportunity for a long, long time (at least until your baby's sleeping through the night). But you still can't get any. No, not sex, woman — sleep!Third-trimester insomnia strikes more than 75 percent of expectant moms — very tired expectant moms. At 33 weeks pregnant, all the hormonal changes, the midnight treks to the bathroom, the leg cramps, the heartburn that won't quit, the fact that you can't get comfortable when you're in bed with a watermelon where your tummy used to be, and the anxiety you're likely feeling about the impending birth of your baby (and the fact that you still haven't decided on a name for your baby) all contribute to your inability to catch some satisfying z's.
Looking for ways to summon the sandman? Worrying about it won't help, and neither will staring at the clock watching the minutes tick by. Instead try a warm bath and perhaps a warm cup of milk before turning in, avoid exercising, eating, or drinking too close to bedtime, and solicit your partner for a massage (you deserve it!). If sleep still eludes you, read a book or listen to soothing music until drowsiness sets in. If nothing works, at least you can be comforted knowing that this may just be Mother Nature's way of getting you ready for the sleepless nights ahead.
 Ohhhhohhh a minha primeira noite nas 33 semanas e isto acontece logo! e nem posso dizer que fui influenciada com isto porque só a vi posteriormente.

 O Carnaval este ano quase que me passou despercebido...mascarar-me não estava nos planos, além do que a perspectiva era de trabalhar também na terça feira. O patrão foi generoso e na 2ªf ao final da tarde deu dispensa para o dia seguinte. O Carnaval Nocturno da Benedita foi visto em forma de fotos via facebook...estava tão cansada (e o homem idem-idem/aspas-aspas) que aterramos os dois no sofá e já nem saímos de casa.

 Esta terça feira saldou-se por ser um dia muito pouco productivo apesar de não ter parado.

 Estava a apetecer-me um miminho e para a sobremesa do almoço fiz...crepes. Como usei maioritariamente farinha de trigo integral, ficou com bastante textura e não exactamente fininhos como os "normais".

Crepes simples
.2 ovos inteiros;
.70gr farinha de trigo integral;
.30gr farinha de trigo;
.1 colher (chá) de fermento;
.1 pitada de sal;
100 ml leite magro;

*Ir juntando os ingredientes por esta ordem à medida que se vai batendo.
*Deixar a massa descansar por 20 minutos. 
*Untar muito ligeiramente uma frigideira anti aderente com azeite e cozinhar os crepes de um lado e outro até ficarem "douradinhos".
* Polvilhei com canela e "maple syrup", mas com doce também ficaria perfeito.

E agora...over and out que amanhã é novamente dia de trabalho.

10 comentários:

  1. Muito bem lulu, ainda no outro dia estavasa. Contar que estavas grávida e vai-se a ver e estás quase com o baby nos braços :) que tudo corre bem querida, aproveita esta tempo de barriguda ;);)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. C.,
      Passa a correr!! É mesmo aproveitar agora porque depois de o ter, é lutar contra a barriga :)

      Eliminar
  2. Admiro-te Luciana. A sério! Lembro-me que quando estava grávida andava com a alimentação "louca"... Para mim, tu és um exemplo a seguir...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Betterme,
      Estou longe de ser exemplo, mas posso dizer que pondero as minhas opções e que depois, acabam por ser escolhas naturais sem ter de "sofrer" com isso.

      Eliminar
  3. Estás uma grávida linda! :) Adorei ver as roupinhas do bébé mas deve ter dado um trabalhão enorme...
    Beijinhos ;)

    ResponderEliminar
  4. Estás na fase do "nesting" a deixar tudo preparadinho para a chegada do baby! Que boas recordações! O tempo passa mesmo a correr. Beijo

    ResponderEliminar
  5. Olá Luciana :)
    Estás linda!!

    Olha as papas de aveia, continuas a fazê-las com 30gr de flocos de aveia + água + 1/2 banana média ou 1 pequena + 15gr de whey (proteína)?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá!

      Papas: isso tudo...menos a whey. O exercício físico que faço não justifica a proteína e também não sei se teria algum efeito secundário e não há necessidade disso :).


      Eliminar
  6. Olá Lulu! Que grande enchoval tem o teu menino! Não havias tu de ficar cansada... Passar a ferro é um exercício e peras!
    Eu nunca fui muito de festejar o Carnaval, mas por aqui este ano a terça-feira foi um dia normal de trabalho. E no domingo fiquei toda feita a ver os óscares, só para ficar com sono nem uma hora depois de ter começado! :) Tens razão, já não é como era (isso e o Festival da Canção).

    Beijinhos grandes e o pequenito que se aguente aí mais meia dúzia de semanas :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rute,
      Isso... e o Natal dos Hospitais! Era um dos pontos altos do meu Natal :)
      Graças a Deus que temos essas "memórias de infância".

      O miúdo sabe que o melhor para ele é ficar no quentinho da barriga da mãe! Apesar de estar mais pesada, não estou "sacrificada"e a mobilidade ainda é bastante boa, por isso, fazemos uma boa dupla.

      Eliminar