segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

2º Trimestre - resumo

O segundo trimestre de gravidez passou-me entre 21.10.2013 a 26.01.2014. 
Continuei com o sorriso de orelha a orelha - acho que é por isso que dizem que as grávidas ficam mais bonitas. Pois tá claro! Se forem como eu, estão sempre com cara de "pateta alegre".
Pontos mais marcantes:
A minha energia voltou aos níveis normais e o sono e cansaço excessivo deram tréguas;
Descobrimos o sexo da criança; 
Fizemos a nossa "babymoon" a Amesterdão e ele portou-se lindamente; 


Semanas 14 e 15 (21/10 e 28/10) 

A primeira semana do 2º trimestre foi certamente marcada pelo facto de 3 pares de calças me terem deixado de servir. O bébé não merece andar apertado...e por isso, passei a semana de trabalho com o mesmo par de calças. Voltei à HM para comprar mais um par. Por vezes, 2 pares de calças é um bocadinho limitado. Tirar, lavar, passar e vestir novamente, mas não vou, nem quero comprar mais nenhumas. Nos próximos 3 meses este esquema terá de continuar. 

Na segunda semana, fomos fazer uma visita programada à ginecologista/obstetra. O P. ouviu o coração do bébé a bater pela primeira vez e não conseguiu detectar o que estava a ouvir.

Semanas 16 e 17 (04/11 e 11/11) 

Consulta de rotina no centro de saúde. Verdade seja dita, apesar de ser sempre bem tratada, só vou lá pesar medir a tensão. No entanto, não deixo de o fazer  e espero fazê-lo até ao fim. 

Nessa semana, no hospital de Caldas, também fiz umas análises complementares para despistar mais probabilidades de haver algum problema com o bebé.

Como ainda não sabia o sexo da criança, esta foi a primeira coisa que comprei a pensar nela (criança!). Branco dá para menina e menino. 

Sábado, 16-11-2013: Sentada no sofá e sem esperar por isso, senti uma bolinha a bater na barriga - de dentro para fora. Não se repetiu (pelo menos assim tão forte), mas o bébé deu o ar da sua graça.
Update: a partir daí já o sinto bastante - tenho um mexilhão dentro de mim.

Comecei a preparar o quarto...ou melhor, a esvaziar o quarto! para o começar a encher novamente.


Semanas 18 e 19 (18/11 e 25/11) 

No dia 23.11.2013, fomos ao hospital fazer uma ecografia só com a intenção de descobrir o sexo da criança. 
O resultado: um menino!


Semana 20 (02/12) 

Chegamos a metade da gestação. So far, so good. 
Foi a partir daqui e deixei de conseguir "disfarçar" e a barriguinha. 

Semanas 21 e 22 (09/12 e 16/12) 

Fomos a Óbidos Vila Natal e sem dúvida que ficou a promessa de voltar quando o rebento souber apreciar a brincadeira. Possivelmente no Natal de 2015...

19.12.2013 Ecografia das 22 semanas e 3 dias
...e já pesava 516gr.

Nessa noite, o feijãozinho foi comigo sentir as batidas e vibrações do concerto das Manhãs da Comercial.
.
Semanas 23 e 24 (23/12 e 30/12) 

O primeiro Natal em que as pessoas pensaram em mim e viram um menino!

O ano começou bem. Calminho, no conforto de casa e o meu bolinha está assim...
01.01.2014

Semanas 25 e 26 (06/01 e 13/01) 

A semana 25 começou com uma consulta ultra-sónica ao médico de família e terminou com um jantar de ex-colegas de trabalho. Já não estamos juntas há 3 anos e mesmo assim a intimidade mantém-se.

O final da semana 26 foi marcado pela viagem a Amesterdão.
 Volume atras e à frente.


Semana 27

Última semana do 2º trimestre - Fiz a análise dos diabetes gestacionais. Os resultados só sairão esta semana, mas estou confiante que está tudo ok.

Update: já recebi resultados por mail e não há nada a apontar. 

Considerações Gerais:

Enjoos e Náuseas – Nada a declarar. Voltei a apreciar o cheirinho do café.

Sono e Cansaço – Felizmente que passou aquele sono sem fim! A volta da energia também foi proporcional.   

Exercício Físico – Podia ser mais Lulu. Hidroginástica, alguns exercícios de dvd, elíptica...mas confesso que foi tudo muito espaçado e sem ritmo. Depois do parto vou pagar mais caro por isto!

Peso – Houve períodos em que senti mais fome, mas nada do outro mundo; No entanto engordei aumentei   Se o primeiro trimestre se saldou por 200gr a mais na balança, já não se pode dizer o mesmo deste 2º trimestre, mas já era previsível. A balança demonstrou mais 7.700kg nestas 14 semanas, o que equivale a um saldo total de 7.900Kg. Está dentro do expectável para a minha estatura, mas já vi como é que funciono: de uma semana para a outra, engordo 3Kg e depois fico um mês sem engordar. Atendendo a que a alimentação não varia assim tanto, não sei explicar o fenómeno, mas o que interessa é controlar o peso como um todo. Gostaria de me manter no peso máximo que delineei : 13kg, mas para isso tenho de me portar mesmo bem neste último semestre dado que o meu saldo é só de 5.100kg e supostamente é quando os bebés ganham mais peso (...e muito frequentemente as mães).

Alterações Físicas  –
Peito - parou de me doer excessivamente. Está visivelmente maior, mas não tenho tanta sensibilidade como no 1º trimestre.
Barriga - Senti o crescimento mais extrapolado a partir das 20 semanas. Dependendo de como anda a retenção de líquidos sinto-me "menos grávida" ou "mais grávida" :)
Pele - Senti que ficou mais oleosa na cara. 
Cabelo - tive uma queda brutal, mas nesta fase não há muita coisa que consiga fazer para combater isto.

Alimentação – Continuei sem ter apetites brutais ou "desejos", mas posso dizer que os lacticínios têm sido uma parte muito importante da minha alimentação: leite, iogurtes....e queijo. Tenho comido muito queijo e os meus apetites são para aí direcionados.

Ansiedade e parte emocional – Continuou controlada. Num momento ou outro certamente que tive uma crise de :"não vou ter tempo para fazer tudo", mas depois amainou. Tudo o que tem de ser feito, vai ser feito. A criança vai ter nome, vai ter um quartinho, roupinhas...e muito amor!
Não fiquei "sentimentaloide". Não tenho os nervos à flor da pele e não me deu nenhum ataque de choro. Não me tenho chateado com o homem. Até senti que estou mais benevolente e com mais paciência. Já deve ser o meu instinto de mãe em marcha. Que continue assim!

Outras coisas – Acho que a minha dislexia piorou. Consigo trocar a ordem das palavras, mas na minha cabeça aquilo faz sentido; consigo trocar as letras e aquilo continua a fazer sentido; consigo trocar o género das palavras e faz sentido na mesma. Esperemos que passe!

Deve dizer que o 1º trimestre foi mais "excitante", porque parece que era tudo novidade. Não quer dizer que neste 2º trimestre as experiências não fossem também todas novas...mas foi mais "sereno".

A partir de agora, parece que o tempo ainda vai passar mais rápido...e meio de Abril está ao virar do calendário.

5 comentários:

  1. Gostei muito de ler este teu post e, sem dúvida, deixas transparecer a calma e alegria com que tens levado esta fase da tua vida :)!
    Fico também contente por saber que tudo está a correr tão bem e é como dizes, Abril está quase aí :)!
    Acho que te estás a portar muito bem em relação ao peso :), pelo menos, nas fotos estás linda!

    Fazer uma viagem nesta altura é fantástico :D! eu arrasto-me basicamente...ando 100metros e a minha barriga passa a pesar 100kg e começam as contracções!

    Boa sorte neste 3º trimestre, espero que tudo continue assim :)
    beijinhos*

    ResponderEliminar
  2. Estás uma grávida liiinda Lu :) aproveita bem esta fase da tua vida, n tarda já tens o teu baby nos teus braços :)
    beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Engraçado ler estes pequenos apontamentos. Daqui a uns anos vais gostar de voltar e reler... :)
    Já tinha ouvido dizer que, com a gravidez, parece que as mulheres fica mais "taralhocas" (expressão da minha tia). :) Ou seja, mais distraídas, esquecidas... São coisas que não sabia mas, nos últimos anos, à medida que as amigas vão engravidando, confere!
    Gosto de Óbidos e, um bocadinho dessa Vila, vai ficar sempre associado a ti... :) Tu é que estás grávida e eu é que estou sentimentalóide! lol ;)

    Beijinhos grandes e um bom 3º trimestre!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rute - mais taralhoca encaixa-se na perfeição!
      Estes apontamentos são exatamente para reler...por exemplo numa próxima gravidez :) Se eu não for tomando notas, as coisas acabam por passar e fico sem saber como é que realmente aconteceram.

      Ainda bem que estou associada a coisas bonitas :)

      Eliminar
  4. Olá Lu, também sinto o mesmo em relação aos primeiros dias emq ue é giro ter o meu tempo sozinha sem prestar contas a nimguem. gostei muito deste teu post porque vou sabendo o que me vai acontcer daqui a pouquissimo tempo, estou na minha 14ª semana e tambem vou estar no hospital das caldas da rainha fazer uns exames para ver se esta tudo bem com o baby. Apesar de não viver aí ha anos, nunca mudei a morada para este tipo de coisas. Já tomei umas notas das tuas dicas, eu vou aumentando ao longo do tempo e tb faço para não exagerar, um kilo por mês por enquanto. beijinhos e espero ler te em breve.

    ResponderEliminar