Avançar para o conteúdo principal

So this is Christmas II - Óbidos Vila Natal

Tardezinha boa! 
Sem nada previamente planeado, fomos (eu, mana e Nina) aproveitar um solzinho que só convidava a passear.
Destino = Óbidos - Vila Natal.
Apesar de ser relativamente perto, nunca me tinha suscitado curiosidade. Sempre achei que seria "um bicho vivo" com filas intermináveis. 
Arrancamos logo a seguir ao almoço e não apanhamos nenhum trânsito. O estacionamento também foi pacifico e ficou por 1.30€ (cerca de 3 horas). A circulação de pessoas fazia-se bastante bem e os carrinhos de bébé eram o meio de transporte mais utilizado .

Quem não quiser entrar na "Vila Natal", pode palmilhar Óbidos dentro das muralhes, sem ter de pagar por isso. Há muitas lojinhas com "ofertas" variadas: bordados, tecidos (panos e toalhas), azulejos, livros, souvenires, ginjinha (coisa boa!), artesanato e afins. 
 
 Óbidos tem um charme próprio. São os detalhes que fazem a alma da vila. 


Para quem gosta, a "Dancake" estava a oferecer (grátis!) fatias muito generosas de torta. 
O objectivo foi fazer a maior torta de chocolate do Mundo.

 Chegando ao final da rua principal de Óbidos, a entrada na "Vila Natal" era opcional.
Pagamos 5.00€ cada uma e a Nina 4.00€. 
Dentro do recinto, há actividades pagas e outras gratuitas. 
£


 Trilho de Gelo - 4.00€ (20 minutos)
 Chocolate quente com "oferta" de caneca : 3.50€
 Ravina de Gelo - Grátis.
Sítio onde as "crianças" de 1.50m e 34 anos se divertem.
 A própria organização incitava à divulgação via Instagram. Done!



 E os óculos de sol continuavam a ser necessários no dia 14.12.2013. Oba, oba!!!
 Carrossel 1.00€

 Não resisti a meter esta! Feliz Natal!!!!
 O pãozinho com chouriço e outras doçarias, antes de ir ao forno; 

 Ainda ia demorar mais 30 minutos a sair quentinho, as meninas andavam a fazer escalada. Aproveitei o tempo e fui ver um espetáculo de Marionetas - grátis.

 ...mas depois lá comi o pãozinho com chouriço = 2.00€. 
Atendendo ao preçário em geral, não achei caro porque era bastante grande.

 Já depois de termos saído do recinto, passamos por uma queda de neve: let it snow, let it snow, let it snow....
 ...até fogueira havia!
...e a bela castanhinha assada. 10 unidades = 2.00€ (pelo menos na maior parte das bancas que vi);


 E esta foto é só para me lembrar que cai aqui, logo à entrada de Óbidos. E foi outra vez o joelho que magoei em Março e que ainda não está bom. Sou tão taralhoca...mas estou a ficar cada vez melhor a disfarçar. Nem a Cris, nem a Nina - que iam à minha frente - deram por isso e desta vez não rasguei as calças!

Comentários

  1. Também nunca fui à Vila Natal, e pelo que falas aqui parece que fica um bocado carito, a entrada + atividades... Mas de certeza que é um passeio giríssimo :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. C.,
      Se fores com miúdos gasta-se sempre mais. Querem andar em tudo, comprar tudo, ver tudo...e depois fazem grandes birras!
      Eu, como adulta responsável :) gastei 8.30€ : 5.00€ (entrada) + 2.00€ (pão com chouriço) + 1.30€ (estacionamento). Não é propriamente barato, mas acho que valeu a pena conhecer.

      Eliminar
  2. A Nina notou que se tinha passado alguma coisa. Eu não reparei em nada.

    ResponderEliminar
  3. Gosto tanto! :) Já fui a Óbidos na altura do Natal, mas nunca entrei na parte paga. Preciso de "forçar" uma criança a ir comigo para justificar o preço da entrada. ;) Pena ser tudo tão caro lá dentro, mas só pelo espírito natalício deve valer a pena. E estava um belo dia de sol...
    Desta vez não provaste a ginginha, espero... :P Assim como assim já cais sozinha, tu tem cuidado! :)
    Beijinhos grandes e um Natal feliz

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rute,
      Quando "recomeçar" a beber (como se eu normalmente bebesse muito!) vai ter de ser 1 golinho de cada vez ou não aguento nem meio copo!...e aí é que era o descalabro das quedas!
      Eu já era como era, mas agora estou a notar mais desequilibro. O centro de gravidade está a mudar, mas ainda assim a minha barriga está pequena. Se fosse daquelas mulheres de "fazer barrigão", era melhor passar o resto da gravidez em casa, deitada! como precaução contra quedas parvas :)

      Eliminar
  4. Que belo dia bem passado, a verdade é qe o tempo ajudou muito. fui a vila natal nas primeiras edições e nunca mais fui!! Está cada vez melhor!! Esta a correr tudo bem com o bebe!! beijinhos

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Um caso cabeludo...

Como é do conhecimento geral ( ou não!), a minha "área capilar" é dos sítios onde mais dinheiro tenho investido. Isto desde 2000 e troca o passo...
Sabem quando as mulheres se sentem invejosas com alguma coisa no corpo de outra mulher? Pois...a coisa que eu mais invejo é uma farta cabeleira e ver cabelos novos espetados a nascer! Esqueçam lá as coxas trabalhadas e os braços definidos! Se eu pudesse açambarcar alguma coisa de outra pessoa, era um cabelo mais farto.
Com a gravidez, não dava para fazer grande coisa, já que a maioria dos produtos eram contra indicados. Estava perfeitamente mentalizada que só iria retomar os tratamento lá para Outubro (supostamente seria quando deixaria de amamentar). Como as coisas tomaram outro rumo, deixou de haver razão para não atacar o mal pela raiz!
Alguns dias depois de ter parado a amamentação por completo, voltei aos cuidados capilares. Durante a gravidez o cabelo andou "o normal". Não senti "aqueles" benefícios tod…

Cuidados da pele - Rotinas e ácidos "The Ordinary"

Não sou dermatologista, nem facialista, nem especialista de coisa nenhuma, por isso a informação deste post reflecte a minha experiência pessoal e o que tenho pesquisado e lido em publicações que considero fidedignas.
Se me falassem há uns anos de "peeling" ou achava logo que era uma coisa muito radical e por "exfoliante" entendia que era aquela pasta dolorosa tipo "areia com agua". Com as pesquisas, fui entendendo as coisas de uma maneira diferente.

Adoro ouvir falar quem sabe realmente sobre produtos e explica as coisas de maneira que os leigos entendam. Recomendo vivamente duas senhoras que trabalham na "beauty industrie" : Caroline Hirons (UK) e  Stephanie Nicole (US) .

A minha pele da face sempre foi "boa". Não tive grandes crises de acne, nem marcas muito visíveis e sempre suportou confortavelmente as minhas oscilações de peso. Nos últimos anos, tenho-me preocupado mais com a qualidade da pele e menos com a maneira de disfarçar as im…

Hormonas e os seus efeitos colaterais

A queda de cabelo é um grande problema que tenho. Na realidade sofro de alopecia androgenética, ou seja "calvice tipicamente masculina". Vou controlando a situação com tratamento: gotas + pílula Diane 35 + Androcur. Este medicamente é o meu milagre e o meu desespero! Na Bula: "O Androcur é um medicamento hormonal que bloqueia o efeito de androgénios...; tem influência favorável em situações androgenodependentes, tais como crescimento excessivo de pêlos no hirutismo (NOT ME), perda de canelo (alopecia androgenética)..."(ME, ME!!!) Não é nada de alarmante porque me acontece SEMPRE que retomo o tratamento. Já tenho esta prescição há uns 3 anos e depois de alguns meses, faço uma paragem que acaba por coincidir com as alturas em que consigo andar mais equilibrada na balança.Tive de retomar o tratamento, mas estou expectante de que esta fase de adaptação, que costuma durar uns 3 a 4 meses, passe depressa. Os efeitos secundários em mim e que estou a sentir agora: Tensão Mamá…