Avançar para o conteúdo principal

E foi assim o Natal de 2013!

O Natal já passou (oficialmente acaba daqui a umas 2 horas).
 Parece que passamos tanto tempo a preparar os detalhes e numa noite culmina tudo. Puff...já era! 
Seja como for, gosto do espírito que rodeia esta quadra, gosto das semanas que antecedem a noite.

Os dias que antecederam foram assim:

Dia 19 de Dezembro.

Ecografia das 22 semanas : está tudo normal e o bébé está a portar-se bem no crescimento = 516gr - quase um homem feito!

À noite, eu e a Cris fomos ao Meo Arena para assistir ao concerto de Natal das Manhãs da Comercial.
O bilhete teve desconto em cartão do Continente em 50%, por isso o preço ficou bem convidativo.
Obviamente que a principal atracção era a Popota (os outros mais de 20 artistas intervenientes não tiveram a minima influência!)

 14.000 pessoas já com idade para se portarem bem e não fazer mochada. Pessoas que estavam lá para se divertir de uma forma "adulta", mesmo os mais petiz! e é assim que eu gosto das coisas - espontâneas mas "bem comportadas".

O sábado 21, foi bastante dedicada à empresa: de manhã reunião de todos os colaboradores com o chefe e à noite jantar de convivio.

A minha sobremesa (para não variar muito!) foi um pedido especial: "Pode ser só fruta?"...pois está claro que pode!

Tenho tirado poucas fotografias em geral. Tenho tirado poucas fotografias à comida em particular.

E como é que foram os "excessos de Natal"? 
Doces, sobremesas, fritos, chocolates = zero; não lhes toquei, não senti falta absolutamente nenhuma; devo de dizer que o que parece "sacrifício" não é sacrifício.   
Laranjas, maçãs, queijo, leite, proteínas, "nabetas" (grelhos e nabiças)....muito! Os pequeno almoço e os lanchinhos vão bem, mas tenho de repensar a quantidade dos pratos principais. Tem sido: um para mim, um para o feijão - e ainda que seja de qualidade o menino não precisa de tanto! Junta-se a fome à vontade de comer : os diversos convívios que há nesta época (aniversários, festas de Natal disto e daquilo) o apetite "aumentado" e o pouco exercício que tenho feito. Ver se melhoramos esta área (e fiquei com a sensação de já estar a repetir esta conversa!).

Nada a ver, mas tudo a ver...

Um fornecedor (da empresa onde trabalho) optou por fazer uma oferta diferente das tradicionais garrafas de vinho, bombons e bolos-rei: maçãs. Uma caixa de maçãs "locais". Para mim, seria a oferta perfeita! 



A noite de Natal em si:
 Foi passada "em casa da avó". A avó está no lar e por razões de estabilidade - física e psíquica - optamos por não a levar ao nosso convivio, mas esteve presente em todas as histórias. Afinal, se não fossem os meus avós não haveria 5 filhos, 12 netos, 8 bisnetos...
 Tudo muito tradicional: bacalhau com todos, muita confusão, muito barulho, muita família! The best!!!
e depois desta maratona,

...o dia de Natal clamava por pijama.
 Pequeno almoço "à beira" da árvore de Natal e com o calor da lareira. Para grande pena minha, o dia do pijama  não se concretizou por completo (compromissos "sociais"). Para o ano é que vai ser!

As prendas que recebi não eram destinadas directamente a moi meme, mas sim para o baby e obviamente que fiquei contente por se lembrarem do feijãozinho. Tudo fofinho e sem "azul bébé" em exagero.
O meu "maior presente" já foi revelado em Agosto e não há nenhuma bem material que possa superar isso.
"Tias", "avós", "família" que já o mimam muito.

Espero que a vossa época natalícia tenha sido igualmente boa.

Comentários

  1. Olá Lu! :)

    Achei graça ao 'quase um homem feito' :D Até me ri sozinha :)

    Por aqui tivemos alguns excessos de Natal, mas como tem acontecido nos anos anteriores no fim do almoço do dia 25 já não há nada. O que não acabou foi congelado, e passámos o resto do dia a chá :P

    Esse bacalhau com todos tem tão bom ar :D As prendinhas parecem mesmo queridas, gosto particularmente do livro :)

    Beijinhos e tem uma boa noite! :)

    ResponderEliminar
  2. Olá! Pois é, o Natal já se passou... pufff! Também fico sempre com essa sensação.
    Para o ano ainda vai ser mais especial, e depois já tens desculpa para ficar a preguiçar em casa de pijama (o meu dia de Natal perfeito, que também nunca realizei) :)
    Beijinhos grandes e tudo a correr bem com o feijãozinho

    ResponderEliminar
  3. Feliz Natal! Ja estou um bocadinho atrasada mas o que conta é a intençao:) Espero que tenha sido uma noite e um dia muito feliz ;) Só prendinhas bonitas p o homenzinho ;) beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Também estou de acordo com o Puufff, mas adoro toda a preparação, pensar nos presentes, procurá-los... adoro!
    Agora venha a passagem do ano sempre com a sensação de recomeço... também adoro :)
    Habitua-te que agora é sempre tudo para ele... Beijo

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Um caso cabeludo...

Como é do conhecimento geral ( ou não!), a minha "área capilar" é dos sítios onde mais dinheiro tenho investido. Isto desde 2000 e troca o passo...
Sabem quando as mulheres se sentem invejosas com alguma coisa no corpo de outra mulher? Pois...a coisa que eu mais invejo é uma farta cabeleira e ver cabelos novos espetados a nascer! Esqueçam lá as coxas trabalhadas e os braços definidos! Se eu pudesse açambarcar alguma coisa de outra pessoa, era um cabelo mais farto.
Com a gravidez, não dava para fazer grande coisa, já que a maioria dos produtos eram contra indicados. Estava perfeitamente mentalizada que só iria retomar os tratamento lá para Outubro (supostamente seria quando deixaria de amamentar). Como as coisas tomaram outro rumo, deixou de haver razão para não atacar o mal pela raiz!
Alguns dias depois de ter parado a amamentação por completo, voltei aos cuidados capilares. Durante a gravidez o cabelo andou "o normal". Não senti "aqueles" benefícios tod…

Cuidados da pele - Rotinas e ácidos "The Ordinary"

Não sou dermatologista, nem facialista, nem especialista de coisa nenhuma, por isso a informação deste post reflecte a minha experiência pessoal e o que tenho pesquisado e lido em publicações que considero fidedignas.
Se me falassem há uns anos de "peeling" ou achava logo que era uma coisa muito radical e por "exfoliante" entendia que era aquela pasta dolorosa tipo "areia com agua". Com as pesquisas, fui entendendo as coisas de uma maneira diferente.

Adoro ouvir falar quem sabe realmente sobre produtos e explica as coisas de maneira que os leigos entendam. Recomendo vivamente duas senhoras que trabalham na "beauty industrie" : Caroline Hirons (UK) e  Stephanie Nicole (US) .

A minha pele da face sempre foi "boa". Não tive grandes crises de acne, nem marcas muito visíveis e sempre suportou confortavelmente as minhas oscilações de peso. Nos últimos anos, tenho-me preocupado mais com a qualidade da pele e menos com a maneira de disfarçar as im…

Hormonas e os seus efeitos colaterais

A queda de cabelo é um grande problema que tenho. Na realidade sofro de alopecia androgenética, ou seja "calvice tipicamente masculina". Vou controlando a situação com tratamento: gotas + pílula Diane 35 + Androcur. Este medicamente é o meu milagre e o meu desespero! Na Bula: "O Androcur é um medicamento hormonal que bloqueia o efeito de androgénios...; tem influência favorável em situações androgenodependentes, tais como crescimento excessivo de pêlos no hirutismo (NOT ME), perda de canelo (alopecia androgenética)..."(ME, ME!!!) Não é nada de alarmante porque me acontece SEMPRE que retomo o tratamento. Já tenho esta prescição há uns 3 anos e depois de alguns meses, faço uma paragem que acaba por coincidir com as alturas em que consigo andar mais equilibrada na balança.Tive de retomar o tratamento, mas estou expectante de que esta fase de adaptação, que costuma durar uns 3 a 4 meses, passe depressa. Os efeitos secundários em mim e que estou a sentir agora: Tensão Mamá…