quinta-feira, 1 de agosto de 2013

"Hungry for change" e algumas escolhas alimentares.

imagem retirada da internet

No fim de semana passado, vi o documentário "Hungry for Change".
Já tinha visto a recomendação em alguns blogs - incluindo o da Joana - e por isso, resolvi estender-me por 1 hora no sofá para ver o documentário.
Não foi uma grande revolução na minha vida, porque já há muito tempo que tento aproximar a minha alimentação ao que é mais natural, menos processado ou industrializado e já aplico muitos das coisas que se exaltam de positivas. No entanto, achei bastante interessante e informativo, se bem que um pouco parcial, já que é a visão dos que defendem as "coisas boas". Se a indústria das "dietas" gera biliões, a "healthy and clean food" também começa a fazer parte dos lobbys e é um nicho de mercado que tende a crescer e que também irá gerar receitas...mas nunca ao nível das "dietas".

Recomendo.

Na sequência disto, dei por mim a pensar em alimentos altamente processados que não consumo ou evito: se há alimentos que acho indispensáveis, há aqueles que me são totalmente dispensáveis.
Gosto de ter uma ideia das calorias, mas o que realmente me importa, é a qualidade dos alimentos e os melhores, são sem dúvida os que mais se aproximam dos naturais.

Estes dois "alimentos" têm 3 coisas em comum:

.Único ingrediente bom = água;
.Açucar;
.Aditivos, conservantes, corantes...é a gosto do freguês.

"Coca Cola" 

Não me lembro a última vez que bebi e não sinto falta. Foi há muitos anos...

Comprei no domingo para as visitas americanas e o resto foi doado à mana. 
A decisão mais sensata teria sido mesmo deitar pela pia abaixo, mas estas são as minhas opções e não domino a verdade absoluta. Continuo a dizer que cada qual sabe o que é melhor para si.
Ingredientes:
.Água (a única parte boa!)
.Açúcar
.Dióxido de Carbono
.Corante de caramelo E-150d
.Acidificante E-338
.Aromas naturais (incluindo cafeina)

Conclusão: cada copo de 250ml contém 27g de açúcar com aditivos. Calorias vazias, sem darem retorno benéfico ao corpo. A versão light ou zero é igualmente má e ainda é mais manipulada para ser isenta de calorias.


"Delicias do mar"

Gosto do sabor e usava no arroz de marisco, nas saladas, no patê...mas desisti delas.
Ingredientes:
.Surimi (carne de peixe 36% estabilizadores (sorbitol, polifosfatos))
.Água
.Amido de Trigo
.Óleo Vegetal
.Proteína de Soja
.Açúcar
.Sal
Aroma de Lagosta
.Amido modificado
.Clara de ovo
.Intensificadores de sabor (E621, E635)
.Corantes (E-120, E-160c) 



...e agora:  um "não tão mau como os outros", mas mesmo assim a descartar.

"Pão embalado Thins"

Há alguns dias, no post Lets talk about food , mencionei o pão thin, mas na altura já tinha deitado a embalagem fora. Comprei mais uma, mas acho que não vou repetir. Com mais calma, li o rótulo...
Ingredientes:
.Farinha integral de trigo
.Água
.Levedura
.Gluten de trigo
.Açúcar
.Espessantes (E460, E1200, E415, E466)
.Farelo de trigo
.Sal
:conservantes (E282, E200)
.Emulsionantes (E471, E472e)
.Azeite refinado
.Acidulante (E330)
Antioxidante (E300)
.Amido de trigo
Não é tudo mau, mas os aditivos são excessivos. Mais vale comprar pão caseiro de centeio / integral /sementes e congelar.

Desde que a máquina de fazer pão se avariou que deixei de fazer pão em casa. Estamos a ver se a conseguimos recuperar, mas entretanto já passou quase um ano.

8 comentários:

  1. agora é tão má que perde logo o gás e fica uma porcaria. Por isso só bebemos um bocadinho e o resto foi pelo cano.

    ResponderEliminar
  2. Delícias do mar também não entram cá em casa mesmo! Aquilo parece gelatina :P O Pedro chama-lhes 'salsichas de peixe', e como cá em casa também não compramos salsichas... :P

    O pão industrializado vai dar ao mesmo, a Coca-cola também... Não é fácil :P

    Ando mesmo em modo 'study = ON'. Tem de ser, mas é uma seca tão grande :(

    Beijinhos ;)

    ResponderEliminar
  3. Olá! Vi o doc. "Hungry for Change" mais ou menos na mesma altura que li o livro "Comer Animais" (que também levanta pontos interessantes sobre a indústria agro-pecuária). Não sou fundamentalista, mas tenho a mesma visão que tu em relação a alimentos processados, embora seja praticamente impossível fugir de todos eles. Coca-cola e bebidas com gás é coisas que nem gosto, por isso não me custa nada! :)

    Beijinhos

    PS: Vi o teu email, já respondo, porque entretanto estive a ler onde é a partida e levantamento dos dorsais!

    ResponderEliminar
  4. Eu confesso que gosto de coca-cola, mas só bebo mesmo quando o rei faz anos. Eu não gosto de vinho ou de cerveja, bebo praticamente só água, mas admito que há certas comidas que puxam uma coisa diferente e nessas alturas (mesmo poucas) escolho a cola.
    Ainda agora estava a ver um post da MissBetterMe a falar desse pão que realmente tem muito bom aspeto e estava a pensar em comprar, mas agora fiquei de pé atrás. Desde o início do ano que tenho sempre pão da MFP no congelador, mas estou um pouco enjoada, acho que lhe vou dar um tempo...
    Aquela menina ali em cima, a Cristiana é que é a tua irmã, não é? É muito parecida contigo. Beijinho Lulu!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Cris é minha mana. Separam-nos 14cm de altura e 15 meses de idade :)

      Eliminar
  5. quero muito ver esse documentário. não gosto de coca cola nem de refrigerantes em geral, mas não fazia ideia de que as delícias são um alimento tão 'mau' =/

    ResponderEliminar
  6. ainda não tinha percebido que tinhas voltado :) que bom, o teu blog é fantástico, sempre cheio de coisinhas com bom aspecto! já me estive a actualizar :)!

    nunca bebi coca-cola =P, ou melhor, a minha mãe diz que eu bebi quando era miúda, mas não gostei logo na altura e nestes 26 anos não tenho memória de beber!
    os outros dois não entram em minha casa!

    beijinho*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois...o meu regresso é discreto.

      Olha que bom nunca teres gostado! A maioria das pessoas não pode dizer o mesmo :)

      Eliminar