Avançar para o conteúdo principal

Maio...

Feriado (até o governo deixar!)

Dia 1 de Maio


Esparguete integral à bolonesa. The best!

Antes do almoço, ainda fomos passear o Pompy.
Mas quem é que sai de casa com uma tachareta e com uma garrafa de água para o cão?
 We, we, we!!!
Em 45 minutos, bebeu 0.5l de água e deitou-se envergonhou-me umas quantas vezes.


À tarde : "voltinha dos tristes"...Roteiro = Foz do Arelho, São Martinho, Nazaré;
Foz do Arelho
Nazaré
Ainda não temos bola Nivea...
Esta sopa é fruto do meu Alzheimer:
 Depois de passada, meti os espinafres a cozer às 13h15.
 Só regressei à cozinha às 15h30.
Espanto = a sopa tinha encolhido, mas não se queimou.
 Os nutrientes devem de ter ido com a cozedura. 

"Scandal" voltou à Fox Life.
Vi os dois episódios, mas palpita-me que ficou um no meio que me escapou.


Quinta 

Back to work!


Sexta


Porque há dias que a rua nos chama...
Chego a casa as 19h30. O tempo está mais agradável na rua do que dentro de casa.

Vou despejar o lixo e regresso a casa. Penso: "mas que raio estou eu aqui a fazer?".
Pego nos sacos da reciclagem e lá vou eu aos ecopontos. Já agora, porque é que não ando mais um bocadinho... e chego aos Bombeiros. 
Volto para casa, mas com 40 minutos de caminhada feita.

Sábado, 4 de Maio 2013


À semelhança do ano passado, este ano as 2 manas e uma (me)nina foram ao Parque das Nações para a corrida Terry Fox.

Supostamente eu até iria encontrar a Corre como uma menina.
Vi "A Pipoca mais Doce" com o "Arrumadinho".  Vi a Ana Sofia da MTV. Não vi nenhuma Rute.
Eu bem me estiquei na esperança que reparasse no meu boné espampanante. Pensei: "se não é na partida, de certeza que vai passar por mim". Nem sinal. Fizemos as 3 voltas em 54 minutos. Comemos um gelado com o patrocínio da Olá e eu continuava a olhar. Nada!
Oh pá! Foi a última vez. Para o ano quero local marcado e com troca de nº de telemóvel!

A causa foi boa e sempre se angariaram 6500.00€. O tempo estava uma maravilha. Nem sol a mais, nem a menos. Foi uma manhã bem passada e mais uma vez : a Nina foi uma valentona!


Agachamento fazia parte do aquecimento.
 A partida.
 O almoço "Go Natural"
Couscous com legumes grelhados e requeijão.
 Paragem na Nespresso para trazer cafés. 
4 "coisinhas" e são logo 15€!

De volta à Benedita...



E se não sabia o que era o jantar, fiquei a saber.
Ir ao supermercado, comprar congelados e não ir logo para casa, não é boa ideia....é que as coisas descongelam!


Jantar : medalhões de pescada em papelote, com legumes e batatas.

Amanhã é o primeiro domingo de Maio. 
Mimem as vossas mães nos restantes 364 dias do ano.

Comentários

  1. Opá por acaso também pensei, mas porque raio não dei o meu número de tlm na msg de ontem??! Em relação à foto que tiraste, estava mais para a direita! Acabei por dar apenas duas voltas, estava com medo de me cansar para o final da tarde. Mas não precisamos de esperar para o ano, quando voltares a Lisboa avisa e combinamos num local menos povoado e em que as pessoas não estejam vestidas de igual!!! :)

    Espero que tenham gostado, sobretudo a tua sobrinha.

    Beijinhos Lulu

    ResponderEliminar
  2. Olá Luciana :D

    Tenho mesmo pena de não ter ido à corrida, mas realmente não estou em condições ainda. Entre tosse, ranhoca no nariz e espirros acho que ia ficar bem pior ;) Temos mesmo de combinar um encontro para podermos conversar todas :D Isso é que era :D

    Beijinhos e tem um bom resto de fim-de-semana :D

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Um caso cabeludo...

Como é do conhecimento geral ( ou não!), a minha "área capilar" é dos sítios onde mais dinheiro tenho investido. Isto desde 2000 e troca o passo...
Sabem quando as mulheres se sentem invejosas com alguma coisa no corpo de outra mulher? Pois...a coisa que eu mais invejo é uma farta cabeleira e ver cabelos novos espetados a nascer! Esqueçam lá as coxas trabalhadas e os braços definidos! Se eu pudesse açambarcar alguma coisa de outra pessoa, era um cabelo mais farto.
Com a gravidez, não dava para fazer grande coisa, já que a maioria dos produtos eram contra indicados. Estava perfeitamente mentalizada que só iria retomar os tratamento lá para Outubro (supostamente seria quando deixaria de amamentar). Como as coisas tomaram outro rumo, deixou de haver razão para não atacar o mal pela raiz!
Alguns dias depois de ter parado a amamentação por completo, voltei aos cuidados capilares. Durante a gravidez o cabelo andou "o normal". Não senti "aqueles" benefícios tod…

Cuidados da pele - Rotinas e ácidos "The Ordinary"

Não sou dermatologista, nem facialista, nem especialista de coisa nenhuma, por isso a informação deste post reflecte a minha experiência pessoal e o que tenho pesquisado e lido em publicações que considero fidedignas.
Se me falassem há uns anos de "peeling" ou achava logo que era uma coisa muito radical e por "exfoliante" entendia que era aquela pasta dolorosa tipo "areia com agua". Com as pesquisas, fui entendendo as coisas de uma maneira diferente.

Adoro ouvir falar quem sabe realmente sobre produtos e explica as coisas de maneira que os leigos entendam. Recomendo vivamente duas senhoras que trabalham na "beauty industrie" : Caroline Hirons (UK) e  Stephanie Nicole (US) .

A minha pele da face sempre foi "boa". Não tive grandes crises de acne, nem marcas muito visíveis e sempre suportou confortavelmente as minhas oscilações de peso. Nos últimos anos, tenho-me preocupado mais com a qualidade da pele e menos com a maneira de disfarçar as im…

Hormonas e os seus efeitos colaterais

A queda de cabelo é um grande problema que tenho. Na realidade sofro de alopecia androgenética, ou seja "calvice tipicamente masculina". Vou controlando a situação com tratamento: gotas + pílula Diane 35 + Androcur. Este medicamente é o meu milagre e o meu desespero! Na Bula: "O Androcur é um medicamento hormonal que bloqueia o efeito de androgénios...; tem influência favorável em situações androgenodependentes, tais como crescimento excessivo de pêlos no hirutismo (NOT ME), perda de canelo (alopecia androgenética)..."(ME, ME!!!) Não é nada de alarmante porque me acontece SEMPRE que retomo o tratamento. Já tenho esta prescição há uns 3 anos e depois de alguns meses, faço uma paragem que acaba por coincidir com as alturas em que consigo andar mais equilibrada na balança.Tive de retomar o tratamento, mas estou expectante de que esta fase de adaptação, que costuma durar uns 3 a 4 meses, passe depressa. Os efeitos secundários em mim e que estou a sentir agora: Tensão Mamá…