sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Receita Economica #1 e um bom-f-d-s!

Há algum tempo, mencionei que tinha visto em Abril, o programa Sociedade Civil sobre o tema: “É possível comer bem e barato?”. A minha resposta pessoal a esta questão é: SIM.
Já tinha discutido a questão com a minha irmã e é um assunto que me desperta interesse. Conseguir conciliar os bons hábitos alimentares com a carteira e não arranjar desculpas para comer "junk food" desnecessariamente, parecem-me bons motivos para tentar fazer receitas saudáveis e em conta.

Não será nada de muito novo, porque os meus menus já seguem essa linha, mas poderão ficar com uma melhor ideia dos custos.

Tenho a sorte de viver numa área “urbanizada” mas com muito espaço para as hortas. O pai e o sogro têm as suas produções e isso é sem duvida uma ajuda, mas evidentemente que não representa 15% do que consumo anualmente, por isso, ponho em prática algumas coisas básicas, tais como:

.Escolher os frutos e legumes da época – são mais baratos e saborosos na devida altura;
.Aproveito promoções de legumes que preparo e congelo para usar futuramente. Não sinto grande diferença entre fazer sopa com legumes frescos ou legumes que eram frescos e que foram arranjados e congelados;
.Sopa é um excelente prato para encher o corpo de vitaminas e nutrientes por um preço reduzido;
.Optar por marcas brancas desde que ou a que tiver melhor rácio entre a qualidade/preço;
.Cozinhar em mais quantidade para poupar na electricidade e no tempo;
.Levar a marmita para o trabalho;

Todas estas acções dão trabalho, mas certamente que compensam na saúde e na carteira.

As receitas que se seguem, foram feitos "numa virada". Meti no forno: 

.Beringela cortada às rodelas temperada com azeite, sal, alho em pó, paprika;
.Courgete cortada aos quadradinhos temperada com azeite, sal, alho em pó, paprika;
.Peito de frango temperado com azeite, sal, alho em pó, paprika;
.Lombo de salmão temperado com sal, azeite, sementes de sésamo e de linhaça;
.Cozi a massa;

...e depois foi só montar os pratos!

As contas que faço, são de acordo com os preços médios dos produtos e estou a ter em conta os temperos e electricidade... mas comprei o peito de frango em promoção, a courgete e o tomate são da horta do pai. Assim, os preços ficaram ainda mais baratos do que o apresentado.

 "Salada de frango no forno"
 . 1 peito de frango no forno cortado aos bocadinhos - proteína;
.30 gr de massa farfalle tricolor - hidratos de carbono;
.courgete e beringela no forno - legumes;
1 dose = 2.15€

"Salmão no forno com legumes"
. 1 lombo de salmão - proteína;
. grão - hidrato de carbono;
..courgete e beringela no forno e tomate - legumes;
1 dose = 2.55€

O dia de hoje começou às 6h20 com uma caminhada de 30 minutos...
 A "minha avenida" hoje de manhã.

Quando cheguei a casa fui fazer as minhas super papas... 
e descobri que a Aveia estava no fim (shame on me!).
 Resolvi a questão fazendo uma mistura de aveia, cevada e centeio.

Bom fim de semana!

9 comentários:

  1. Concordo contigo...basta fazer as contas e poupa-se imenso...e continua a ser saudável.

    Beijinhos
    Elisabete Cruz
    http://entretralhasepanelas.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Olá Luciana :D

    Acho esta tua iniciativa fantástica, e é uma prova de como podemos comer bastante bem (e até com ingredientes que as pessoas julgam que são caros, como o peito de frango e o salmão) e barato :) Fico à espera de mais pratos :D

    Hoje regressei à cozinha :D Já tinha saudades ;)

    Afinal este fim-de-semana também vou à Benedita! Ultimamente parece que não quero outra coisa :P O Pedro tem um torneio de xadrez e eu vou com ele ;) Se quiseres combinar já sabes :D

    Beijinhos e bom fim-de-semana :D

    ResponderEliminar
  3. Estou completamente de acordo ctg.
    e é como tu dizes, dá trabalho, mas consegue-se.

    Na terra da minha avó há uma familia pobre que a mãe só dá batatas fritas de pacote aos miudos, mas não é por ser pobre... é por ter preguiça... um pacote de batatas fritas custa 150, e cada um comer 1 (que é como eles costumam passear na rua) já dá aí uma conta bastante grande.
    e já nem se fala de saúde............

    adorei os teus pratos :)

    Beijinhos grandes e um bom fim-de-semana para ti também!

    ResponderEliminar
  4. cá por casa 85% dos frutos e vegetais vêm da horta do meu avô :)
    gostei muito das receitas, já tenho saudades de comer beringela! adoro :3

    ResponderEliminar
  5. Gostei desta nova rubrica! Podes continuar!
    Quanto às tuas dicas, sigo-as todas. Sou fã de congelados, marcas brancas e produtos da época. Só tenho pena de não me darem assim tantas coisinhas caseiras... Beijo

    ResponderEliminar
  6. Ehehe boas dicas =) as pessoas kd leem vao axar banal mas a verdd e k em casa e no dia a dia nunca s lembram d nada assim!!
    eheheh beijinho*Bom fim de semana kerida!******

    ResponderEliminar
  7. Muitas dessas coisas já faço, porque eu sou da tua opinião. Aliás, cada vez menos a "fast food" é a versão mais económica.
    Às vezes tenho é preguiça de preparar as comidas para a semana, mas costumo pelo menos ter uma panela de sopa para a semana.

    Nota-se que os dias também já amanhecem mais tarde...

    Beijinhos e bom fim-de-semana!**

    ResponderEliminar
  8. Oi Lu,tudo bom?
    estou sumida ne?
    comecei faculdade aqui no Canada q 'e pra ser chef e com enfase em nutricao
    amoo :)
    adorei suas refeicoes :)
    vc tem facebook? la estou postando minhas comidinhas healthy :)
    bjinhos
    bom fds

    ResponderEliminar
  9. Olá Luciana

    Belos pratos como sempre. Foi contigo que me iniciei nos legumes no forno e agora são acompanhamento muito apreciado por aqui. O almoço de hoje teve direito a uma travessa deles. Tal como tu aproveitei o forno para assar um frango e lá coloquei uma travessa com os ditos (uma mistura para saltear)...A beringela é o único que ninguém aprovou...

    Beijinhos e bom fim de semana

    ResponderEliminar