quinta-feira, 19 de julho de 2012

Ontem, hoje e as experiências da vida...

A “conversa é como as cerejas” e na sequência de cometários ao post do fim-de-semana, comecei a “alinhavar” um post sobre o açúcar e quando dei por mim já tinha outro post sobre… experiências.

Nunca fui “Maria vai com as outras…” e sinceramente fico com mau feitio quando me dão ordens, pressionam e me “mandam fazer”. Até pode ser aquilo que tenho na ideia, mas se me “mandam”, torna-se numa obrigação e já não o faço com boa cara (isso inclui a rubrica "alimentação").

Perguntam vocês: Quem é que na vida nunca experimentou um cigarro?
A minha resposta : Eu!

Perguntam vocês: Mas porquê?
A minha resposta : Porque nunca me apeteceu. Nunca tive curiosidade. Não me parece que isso contribua em nada para eu ser melhor ou pior pessoa…

Perguntam vocês :Mas é daquelas experiências que todos temos de passar na vida…
A minha resposta :  E agora pergunto eu : Mas Porquê?

Acredito que as pessoas devem de ter as experiências quando sentem que as querem ter.
Até posso acordar um dia e pensar “hoje vou experimentar um cigarro porque sim!” e faze-lo de livre e espontânea vontade.

Não me acho um "pãozinho sem sal" e de vez em quando também “mijo fora do penico”...
Revelo algumas experiências que tive e certamente não vou esquecer. Algumas acompanhadas, outras sozinhas, mas nunca fiz nada pressionada:

. fui ao meu primeiro “concerto de rock” aos 12 anos. “Guns n´Roses”, em 1992 no Estádio de Alvalade;
.aos 22 anos estive 15 dias nos EUA  (para fazer um mini curso de inglês) e fui de Boston para Nova Iorque de autocarro  onde passei  3 dias a conhecer a cidade. Isto tudo sozinha e sem conhecer absolutamente ninguém;
.fui muitas vezes, em trabalho, à China e Hong Kong - que conheço melhor que Lisboa :( - e depois de cumprir as minhas funções ia - sozinha - desbravar os locais e as gentes…;
.aos 19 anos, tinha a carta e o carro à 6 dias e fui - sozinha - a conduzir para Lisboa. Sai do trabalho às 13h porque tinha folga da parte da tarde. A caminho de casa, deu-me um “vipe” e fui direito a Lisboa;
.Em 1998 ou 99, fui com as amigas jantar à Nazaré. Apanhei uma bebedeira fenomenal e foi a minha irmã que me teve de amparar. A cena foi gira porque eu devia estar com uns 90Kg e ela com 45Kg e 1.50m! Eu quando bebo demais só me rio. ;
.Em 2011 andei de metro sem pagar. Foi na corrida da EDP na qual participei e não estava inscrita. Os transportes eram abertos aos participantes inscritos! Com o medo de ser apanhada, acho que fiquei de todas as cores e com aquele nó no estomago do…vomito ou não vomito. Jurei para nunca mais!

Também têm experiências que as façam sorrir cada vez que pensam nelas?

Quarta feira...

Paõzinho quentinho. Café acabado de fazer. Há alguma mistura de cheiros melhor que esta? 
O pão que sobrou foi fatiado, metido em saquinhos e direto para o congelador. 


Entre as 19h00 e as 20h45 estive a fazer a manutenção das unhas de gel. 
Curtinhas, maneirinhas e vermelhinhas!


Cheguei a casa já tarde e preparei um prato rápido : massa integral e beringela assada que estavam no frigorifico, bolonesa de vaca e soja que estava congelada. Juntei umas azeitonas e deu neste parto reconfortante.
Dei um jeito à cozinha e as 21h45 chegaram tão rapidamente que optei por ir para a cama acompanhada do telemovel para meter a conversa em dia com o homem e pela revista "Saber Viver". 

Quinta feira...


Pensei que iria ser um dia sossegado no trabalho. I was so wrong!
...mas começou muito bem com umas belas papas de aveia.
 Almoço muito "informativo".
Jantar muito "desenrasque"....

...e agora vou "cuscar" os blogs enquanto faço preparo os cozinhados de amanhã.

16 comentários:

  1. Olá Luciana :)
    Eu concordo plenamente contigo! Acho que cada um faz aquilo que entende, e o exemplo do cigarro é perfeito.. Vai que tu experimentavas e até gostavas. Irias ficar, talvez, chateada e com vontade de não o ter feito. Até porque é dessas "experiências que toda a gente faz na vida" que vêm, maior parte das vezes, os maus vícios.
    Eu apesar de pouca idade também tenho umas experiências engraçadas, muito por ser super independente e senhora do meu nariz...
    - A primeira vez que experimentei fumar, deu-me um ataque enorme de tosse, pensava que ia morrer.
    - Com 7 anos perdi-me na feira de Espinho e andava feliz à procura da minha avó enquanto ela chorava desalmadamente.
    - Em 2011 fui sozinha para a Suiça.
    Entre tantas outras que me fazem, definitivamente rir e muito :P

    Beijinho :)*

    ResponderEliminar
  2. Acho que a melhor que fiz foi viver sozinha.Depois alguns encontros às cegas...Ah! Ir a Praga sozinha com 2 amigas! O primeiro dia em que dei aulas e fui completamente lançada aos leões!
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  3. Concordo plenamente contigo. Tambem nunca precisei de ir em conversas alheias para me sentir melhor comigo mesma. Sempre fiz o que achava melhor para mim, ouvindo conselhos claro, mas nunca me deixando levar pelas conversas dos outros. Achei graça à historia do cigarro, o unico que fumei foi com a minha mãe e não passou disso.
    A vida é cheia de experiências que nos fazem rir, mesmo que na altura em que aconteceram nos apetecesse tudo menos rir. E isso é maravilhoso =)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. olá luciana :) concordo com o que disseste, temos de saber ser nós a definir o que queremos fazer e quando. sem precisar de ir em 'carneiradas' e não é por isso que somos mais ou menos 'rebeldes', apenas escolhemos com o queremos ser. todos temos esses momentos que nos fazem sorrir, alguns tão insólitos que tivemos mesmo de aprender com eles para não repetir no futuro ;p
    as tuas unhas estão mesmo giras, pequeninas como eu gosto :) para a semana vou fazer pela primeira vez unhas de gel, espero gostar do resultado... beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Compreendo-te perfeitamente, também nunca fui de rebanhos e de fazer só porque todos fazem. Em relação a experiências, agora não me recordo de nenhuma em específico, algumas já leste no meu blogue, mas o facto de ser aventureira e de gostar de conhecer novos sítios proporcionou-me belas recordações. Desde a minha primeira experiência a trabalhar no estrangeiro (1º ano de faculdade, 3 semanas de férias na apanha do morango no sul de Inglaterra!) fiquei muito mais segura de mim e da minha capacidade de me "desenvencilhar" em qualquer parte do mundo.

    Gostei muito das tuas unhas, também as prefiro assim curtas e práticas!

    E porque é que havias de ter experimentado fumar?? Eu já fumei e sinceramente acho que é uma experiência totalmente dispensável! Uma experiência que acho que todos deveriam ter (embora entenda que há gente que não liga) é VIAJAR! Torna-nos tão mais ricos e tolerantes...

    Tens de falar um bocadinho mais dessa experiência da China, deve ser tão interessante! (Se calhar já falaste, mas ainda não te "seguia" na altura...)

    Em relação ao esplanar, podes fazê-lo no teu jardim, é tão bonito! Eu já teria posto uma cama de rede entre as árvores! Já pensaste nisso?

    Beijinhos**

    ResponderEliminar
  6. WOW
    adoro seu blog
    como vc se alimenta certinho :)
    parabens:)
    sou brasileira e nao sei fazer papa de aveia..Poderia me ensinar a receita? vejo senpre no seu blog e estou com vontade :)
    o seu pao como vc faz? 'e alguma receita sua ou voce compra de caixinha pronta?
    please me passa as receitas
    vc,Pizza e a Joana tem os melhores blogs:)
    bjinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Elen.
      Não tens nenhum blog :=) ?

      *As minhas papas de aveia : 30gr de flocos de aveia + água + 1/banana. Cozer por uns 2 minutos. Eu no fim acrescento 1/2 scoop de whey (proteina). Decorar a gosto :)

      *Pão - eu faço misturas de farinha de trigo Tipo 65, farinha integral, de centeio..., com outras já preparadas.
      Nunca uso só uma qualidade.

      Eliminar
    2. Oi Luciana
      nao tenho blog..AINDA..risos :)
      pretendo mais para frente fazer um
      ultimamente estou muito ocupada com minhas aulas que mal tenho tempo pra nanar.mas mesmo assim visito todo dia o seu blog,da JOANA e da pizza..amoo o blog de vcs :)
      obrigada pela receita das papas de aveia
      preciso colocar o whey? nao tenho
      qto ao pao queria fazer como os seus paes mas nao entendi a receita
      :(
      bjinhos e um bom fds :)

      Eliminar
  7. Lu, eu também nunca experimentei um cigarro!!!!!! :D

    e, independentemente de não saber o futuro, acho que nunca vou ter curiosidade de o fazer!

    ahaha

    (adorei as unhas e a comidinha!)

    beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Obrigada Lu. Sim, eu esqueci-me de te enviar uma mensagem no FB a apresentar-me, desculpa. Queria muito agradecer-te pela forma carinhosa que me ajudaste e quis, assim, apresentar-me face to face para a Lu :)

    Sem dúvida que a decisão que tomaste tem tudo a ver com a tua personalidade. És uma mulher de fibra! Boa! Eu desde terça que ando de 'ressaca'. Ontem então foi, deveras, o dia que mais me custou estar sem doces. Fiz figuras! Sai de casa sem dinheiro. Epah coisas mesmo de agarrados! :(

    ResponderEliminar
  9. Ai que eu sou tao menina a vossa beira :))... A unica maluqueira que me lembro foi falsificar a assinatura do meu pai em justificaçoes de faltas no 8o ano para nao chumbar... e mesmo assim fui apanhada! Beijo

    ResponderEliminar
  10. Olá Luciana :)

    primeiro queria agradecer-te pelas palavras no meu post :)

    se há coisa que me orgulho e considero um grande ponto positivo para mim é o facto de não me deixar influenciar pelos outros. Como é habitual na adolescencia somos quase que "forçados" socialmente a experimentar certas coisas simplesmente porque "fica bem" e "é fixe". Posso dizer com o maior orgulho que nunca me deixei influenciar por essas coisas. Tenho 21 anos e posso dizer que não fumo, não bebo alcool nem nunca experimentei qualquer tipo de drogas e afins. Se sou mais "paozinho sem sal" por isso deixa ser. Não gosto nem tenho qualquer tipo de necessidade e me sujeitar a esse tipo de coisas. Sou feliz assim e bastante saudável :)

    beijinhos e mais uma vez, que paozinho de fazer inveja :D

    ResponderEliminar
  11. Olá Luciana! :D

    Sabes, depois de ler o teu post (numa pausa do festival, ainda ontem) lembrei-me de fazer um post do género 'Dez experiências que já tive'. Por outro lado, o meu irmão lê o meu blog, o que é muito bom para algumas coisas mas muito aborrecido para outras! Há coisas sobre mim que eu sei que ele simplesmente não vai entender ;)

    Por isso aqui vai: a nível de experiências eu já fiz quase tudo de ilegal que há para fazer (vá, menos matar). Já fumei, já bebi, já fumei ganza, já fiz amor em sítios públicos, já copiei em testes, já roubei (passei uma fase estranha aos 9 anos em que roubava coisas pequenas do supermercado), já passei traços contínuos, enfim, já fiz muitas coisas das quais não me orgulho.

    Mas também já tive outras experiências verdadeiramente fantásticas: viajei com os meus pais, com o P. e com os meus amigos, vi sítios lindos, vi o nascer do sol no Everest, vi o nascer do sol no deserto de camelo, vi o nascer do sol na Amazónia (sim, há uma tendência para ver o nascer do sol na minha família!) :)

    E eu acho que são as experiências que temos que fazem de nós aquilo que somos, independentemente de serem experiências 'proibidas' ou não. Tudo nos ensina alguma coisa.

    Fumar uma vez ensinou-me alguma coisa? Sim, que o tabaco sabe exactamente ao que cheira: mal! Fumar uma vez ganza ensinou-me alguma coisa? Sim, que enquanto que os outros ficam todos a rir-se eu fico psicótica e só me apetece bater em toda a gente! Enfim, não sintas falta dessas experiências porque elas não são de todo nada de especial ;)

    Beijinhos e tem um bom dia :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Joana,
      é melhor guardares esse post das "10 experiências (a nivel global) para daqui a uns 4 aninhos :) Suponho que o T. não lê o meu blog nem tão pouco os comentários...
      Mas podes fazer alguma coisa sobre as viagens que já tiveste: os 5 por-do-sol mais bonitos do mundo, as 10 melhores experiencias gastronomicas das tuas viagens e as 10 piores...
      Requer alguma memória, mas de certeza que tens tudo nessa cabecinha e nos teus apontamentos. Eu acho que as viagens são um tema tão giro. E agora fiquei com uma ideia, mas depois envio-te email.

      Eliminar
  12. Menina Joana: estupefata! Pensei que fosses uma menininha... no bom sentido da palavra.. lol!!! Sua malandreca!!! Ps - mas confesso que muitas das coisas que descreveste eu também já as fiz ;)

    Lu, um grande beijo para ti e um excelente fds!

    Adoro os teus posts: fazem-nos pensar! Obrigada

    ResponderEliminar
  13. Bemmm! Tu és tudo menos um pãozinho sem sal! Coragem não te falta! E principalmente coragem para seres tu própria!!! Essa sim, é a verdadeira coragem que faz uma mulher, se tornar uma Mulher com M bem grande! Muito bem! Gostei de ler.

    Também tenho (claro, todos temos) algumas experiências que me fazem sorrir. Infelizmente algumas fazem-me chorar e até as dispensava, mas tudo faz parte da vida, e somos hoje, fruto de todo o nosso passado também. Tento aprender e ir melhorando.

    ResponderEliminar