segunda-feira, 18 de junho de 2012

Hortícolas e telenovela…

Como sabem (ou não!) eu moro numa “área de transição rural” - é mesmo isso que está escrito no PDM relativamente ao terreno da minha casa!
 A minha “terrinha” tem 10.000 habitantes mas não é o fim do mundo nem atraso de vida. A vila é “urbana” que chegue (pelo menos a nível de bancos = tem 10) mas os arredores são bons para as agrícolas caseiras. Não há ninguém que não tenho um pai, mãe, tio, irmão… que não tenha uma horta. Eu faço parte do grupo dos que comem o que os outros plantam. Terreno tenho com fartura, jeito e paciência é que não!, mas como sou uma boa menina tenho sempre direito a presentes que agradeço!  Vou a casa dos meus pais e o paizinho começa o reportório: “Queres cebolas? Queres batatas? Queres alfaces? E espinafres? Feijão-verde é daqui a 15 dias, os tomates mais uma semana…”. Chego a casa da sogra e começam com a mesma coisa: “Não precisam de batatas? Vocês não comem nada!”. Acreditem que não me estou a queixar e não digo que não a minha coisa que me oferecem - está bem! Ontem disse que não a um molho de coentros. Não gosto mesmo! e pareceu-me irracional aceitar para irem para o lixo.  O problema de uma pessoa dizer que não, é que encaram isso quase como uma ofensa, quando na realidade só queremos evitar o desperdício já que sabemos que não conseguimos consumir tudo ou não gostamos.
Agora, começou a época da Alface. A minha cunhada deu-me 2 grandes. Hoje de manhã tratei delas: estão escolhidas, lavadas e prontas para aplicar.
Já sabem que nos próximos dias o menu vai ser: Salada de Alface + outra coisa…

Exercício de hoje: 30 minutos de elíptica enquanto via “Morde e Asopra” na SIC  . Vou perder a credibilidade por dizer isto, mas quando faço o jantar ou faço exercício a essa hora esta novela brasileira entretém-me e está mesmo nos últimos capítulos. Não paro, nem me sento para a ver, apenas me faz companhia. Fora isso, durante os dias de semana, as minhas televisões só são ligadas para ver notícias e alguns programas na RTP2. Ao f-d-s (nem todos), lá me sento um bocadinho a mudar canais na televisão da sala (que tem Zon).

Exercício Físico: 30 minutos de elíptica
Alimentação
 Pequeno-almoço: kiwi, pão integral com fiambre de frango, leite magro com café;
 Meio Manha: 1 banana com farelo de aveia, sementes de chia, coco ralado; 1 café;
 Almoço: sopa de legumes; Salada de queijo fresco magro: alface, tomates cherry, 30gr de massa semi integral, cenoura ralada, azeitonas e pickles;
 Lanche: iogurte natural com whey de baunilha, sementes de chia, gérmen de trigo;
Jantar: sopa de legumes; Tortilha com pimento vermelho ( 3 batatas pequeninas que tinham sobrado cozidas de sábado, cebola, 2 ovos, pimento vermelho, azeite, sal) com salada de alface e tomate cherry.
 Estava esplêndida !!
1 laranja pequena
Até amanhã...

17 comentários:

  1. Olá Luciana

    Eu também tenho um terreno grande, mas agricultura não é o meu forte. Até as plantas de casa deixo morrer...

    Mas partilho contigo esse enorme privilégio das ofertas de bens hortícolas biológicos. Tenho também árvores de frutos. agora é a epoca dos alperces e pessegos. Bem bons!

    beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Oi oi!
    Pois eu por enquanto ainda vivo em apartamento mas quer pais quer sogros têm as suas quintas e partilho exatamente das mesmas ofertas as quais agradeço! :)

    Mesmo quando tiver a nossa casinha e caso tenha espaço para quintal... confesso que não tenho grande jeito :(

    Em relaçao ao teu comentário no meu post, acredita que não passo mesmo fome. Por isso muitas vezes digo que às vezes temo vicios. e eu andava um bocadinho viciada em massas e pão. Faltava imaginação vai uma salada com massa ou uma sandes... e a mim infelizmente esse tipo de loucuras não são aceites de animo leve pelo meu querido organismo...

    Obrigada pela tua opinião :p

    ResponderEliminar
  3. Vê se tão bem q essa alface veio directamente da horta!
    e que bem q ela fica no teu prato :P
    beijinhos Lu

    ResponderEliminar
  4. eu ando sem tv desde que apareceu o tdt. já comprei o aparelho, mas o predio nao tem antena externa. já comprei uma antena interna mais potente e nada...

    A minha avó tb já disse que tinha lá muita alface :D
    eu acho mesmo giro isso de se ter uma horta (claro que nao é tão romantico como aparenta e dá mt trabalho)

    (Quero comer o teu jantar!!!!) lol

    Beijinhos :D

    ResponderEliminar
  5. ahah é tão bom ter esses miminhos da família e amigos Lu!
    e então saber que é tudo alimentos do mais saudável e biológico que há ainda melhor! :D
    Ainda não te deram morangos? Os morangos da hortinha são os melhores.. docinhooos :P
    Eu ainda não gosto de alface.. aindaaaa..
    As laranjas que comprei são do tamanho da tua, miniis eheh

    Beijinhoos e tem uma boa semana

    ResponderEliminar
  6. Eu também vivo numa 'transição rural' como tu lhe chamas! :D É perto de Lisboa mas vivo numa vila num monte (palavra do meio do nome da vila :P) mesmo no meio do campo e aqui vejo muito mais gado e pastos do que propriamente agricultura mas ainda vejo alguma coisa e é rara a semana em que os meus pais nao trazem fruta ou legumes que algum familiar ou amigo ofereceu. Outra vantagem que eu tenho é em ir à feira da Malveira onde compramos a fruta directamente ao consumidor.

    Beijinho :)
    Alice

    ResponderEliminar
  7. Olá Luciana :D

    Bem, estou mesmo a morrer de cansaço: durante a tarde pus-me a ver filmes e a fazer crepes e agora espera-me uma noitada a fazer um trabalho! Mas amanhã de manhã não tenho aulas, por isso menos mal ;)

    É verdade, num tema não relacionado, sabias que a rapariga que tem (ou tinha) o blog 'Restaurante 4 patas' é da minha faculdade? :) É verdade ;)

    A mim também me dão imensas coisas porque apesar de tudo Leça também é uma zona relativamente rural, embora não seja tanto como a Benedita ;) Mas mesmo assim também tenho sempre imensas coisas biológicas ;)

    A tua tortilha tem óptimo aspecto! Podia ter feito tortilha de morcela de arroz ontem com os ovos e as batatas, nem me ocorreu! ;)

    Beijinhos e boa Terça-feira :D

    ResponderEliminar
  8. hehe... eu já sabia porque sigo o teu blog religiosamente! Adoro essa alface caseira! É tão boa!!! Não tem nada a ver com a dos supermercados. A minha mãe costuma plantar alface e sempre que vou lá a casa trago algumas pra mim!
    Bjs

    ResponderEliminar
  9. a conversa dos legumes tal e qual as minhas avós, olha lu n dava o real valor ao que é bom ter uma horta, cada vez mais as pessoas estam a voltar ao antigamente e já se vê imensos casais "novos" a criar as suas hortinhas, e é só vantagens ! dá imenso trabalho como nós sabemos, mas um dia tb quero ter a mha hortinha ! :P

    ver tv ou programas que nos distraiam enquanto fazemos exercicio é realmente do melhor, o tmp passa a correr ! :p

    adoro tortilha ! quando foste a MADRIR n comes te no burguer king o wrap de tortilha ???? que bomba calórica deliciosa ! LOL

    beijinho

    ResponderEliminar
  10. Luciana, eu sofro do mesmo mal, ainda há duas semanas a minha sogra fez um escabeche ao meu marido porque eu lhe tinha dito que não precisava de legumes nenhuns, de referir que era quinta e eu já tinha legumes para a sexta e no fim de semana ia fazer as refeições todas fora de casa... Por isso, sem razão nenhuma fez um filme dos diabos, porque se sentiu ofendida por lhe dizer que não precisava de nenhuns legumes. Mas é assim a vida.

    Sabes além das tuas saladas, a tua sopa tem muito bom aspecto... Podes dizer-me o que leva essa sopa?

    Beijo grande

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá! Ultimamente meto só "sopa de legumes" porque nem sei bem o que lhe chamar. Uso o que me aparece à frente: courgette, alho francês, cebola, cenoura, abobora,alho, sal, azeite... Se não tenho uma coisa, meto mais da outra e é tudo a olhometro :)

      Eliminar
  11. Gostava de sofrer mais desse mal. Na minha varanda crescem alfaces e um mirtilo so unzinho. Nao me dao mas compro alfaces batatas e tomates biologicos e realmente nao tem nada a ver. Beijo

    ResponderEliminar
  12. Não entendo o porquê das pessoas criticarem quem vê novelas. Parece que temos todas medo de dizer. Que estupidez. Vemos séries telenoveladas e temos orgulho nisso, mas depois uma novela excelente da Globo, é logo UPS. Não senhora! Eu adoro. Morde e Assopra está mesmo a terminar, ohhh ;)

    ResponderEliminar
  13. Eu adoro os produtos da horta.. É estranho, mas parece que me fazem melhor e que estou a comer "limpo"". Já que os do super mercado têm todos e mais alguns produtos para ficarem bonitinhos..

    Beijinho :)*

    ResponderEliminar
  14. ai que deliciaaa
    meus pais tbm tinham uma chacara
    e era assim tbm todo dia vinha as verduras fresquinhas
    q saudade!!
    beijo amiga

    ResponderEliminar
  15. Luciana, que maravilha! Os meus pais também me estão sempre a dar coisas, embora não tenham uma horta lol. Mas quando vamos à terrinha também trazemos muita fruta e coisas boas da quinta. Adoro.
    Por acaso ainda ontem os senhores da mercearia me ofereceram um molho de coentros! Eles oferecem sempre coentros ou salsa quando fazes mais do que €5 de compras e eu não digo que não!

    E não tenhas vergonha porque toda a gente tem os seus guilty trash tvs shows a que gosta de assistir! Ainda ontem referi o Dr. Oz, que não é propriamente o cúmulo da intelectualidade... Mas não podemos ser sempre só programas culturais e documentários sérios, não é verdade?

    E agora que referiste isso do livro fico na dúvida de o comprar (vou ver se está na minha biblioteca para o requisitar)... E não compreendo quando fazem a comparação do "não tens filhos não podes entender" como se uma pessoa sem filhos fosse desprovida de empatia e amor. Se é uma boa leitura gostamos na mesma, mesmo que seja uma situação desconhecida para nós.

    Beijos!**

    ResponderEliminar
  16. A minha terrinha também é assim pequenina, mas recheada de bancos! eheheh
    O nosso sonho aqui por casa é um dia termos uma casinha com algum terreno para podermos plantar umas coisinhas e para o vicio do Dé (columbofilia). Talvez um dia... :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar