Avançar para o conteúdo principal

As minhas medidas anti-crise

A vida não anda fácil para ninguém e desde há alguna anos que tenho vindo a alterar hábitos com o objectivo de viver bem com menos.
A lista que se segue, são coisas básicas que faço, e ainda que sinta não ter muito mais por onde cortar, há sempre alguma coisa...

* GPL - Os nossos 2 carros são a GPL. Acreditem que atestar o depósito com 23€, que dão para cerca de 420km, compensa bastante; Apesar deste combustível ser mais barato, deixei de vir almoçar a casa e poupo 20km por dia;

*EDP - Tenho a tarifa bi-horária e as minhas máquinas de lavar louça, roupa e de secar, máquina de fazer pão, só trabalham no período mais económico. Ficam programadas, e durante a noite fazem o seu serviço; Tenho placa de indução, por isso aproveito o f-d-s para cozinhar em maiores quantidades e tento preparar as refeições antes das 7 da manhã; A passar a ferro, também tento aproveitar ao máximo esse horário;

*ÁGUA - Construímos um poço/depósito de água, para onde canalizamos a água da chuva. Temos uma autonomia de 2 a 3 meses;

*SUPERMERCADO - Aproveito promoções e descontos nas coisas que compro habitualmente; Se tiver um cupão a dizer que tenho 40% de desconto em Coca-Cola, não vou comprar só porque tenho desconto, uma vez que é uma coisa que não consumo; Se tiver 20% de desconto em atum da marca “Dia”, sou bem capaz de comprar 20 latas, porque a validade é longo e é um alimento recorrente na minha alimentação; 

*ALIMENTAÇÃO – Faço duas refeições em casa : pequeno-almoço e jantar. As restantes refeições são feitas dentro do local de trabalho, mas todos os dias levo a minha marmita com o almoço e os lanches previamente preparados. Até ver, o café ainda é à conta do patrão; Não “estrago” comer. Normalmente acerto nas doses, e quando sobra alguma coisa, guardo e faço uma invenção com aquilo;

E vocês? Têm dicas de poupança para partilhar?









Comentários

  1. Vou chorar!!!!
    Em percurso urbano o meu carro faz 150Km com 23€. Deve ser da velhice.

    ResponderEliminar
  2. eu acho q fazes mto bem em tomar essas medidas e pensares no futuro.
    eu como ainda não tenho um trabalho e é praticamente o meu pai q me sustenta (o que me atormenta imenso mas estou a estudar ainda e não posso fzr nd!), apenas poupo para juntar para mim, mas qd isso deixar de acontecer a conversa vai ser outra e eu tou mt consciente disso!

    ResponderEliminar
  3. Também utilizo as promoções que interessam nos supermercados, faz toda a diferença se fizermos as contas, e também levo almoço sempre que posso :)

    ResponderEliminar
  4. Sim fiz alguns ajustes e já consegui poupar 200euros por mês...

    ResponderEliminar
  5. Aqui também vamos fazendo alguns ajustes.
    Adotámos a tarifa tri-horária que nos dá mais jeito que a bi. Eu tenho um carro bem poupado e o Dé uma mota, por isso acabamos por não gastar muito também.
    E claro, vamos fazendo coleção de cupões :)

    ResponderEliminar
  6. Ainda não tive a oportunidade de te agradecer as palavras que deixaste no meu blog. Aqui vai o meu obrigada atrasado. O teu blog é uma inspiração para mim. ;-)

    ResponderEliminar
  7. Adorei estas dicas. Ando um pouco negligente e nem sempre utilizo o horário mais económico
    bjs para a utilização das máquinas... :(

    ResponderEliminar
  8. Olá :)

    Post muitíssimo útil! :D

    Em termos de poupança, eu uso os cupões de desconto do supermercado, não compro 'porcarias' (que acaba por ser onde as pessoas mais gastam dinheiro) e no geral não gasto muito dinheiro. Mas eu também tenho a vida facilitada porque a minha mãe trabalha na moda por isso não gasto dinheiro nenhum em roupa, o que é logo uma grande poupança ;)

    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  9. Olá Luciana.
    Eu sou uma pessoa poupada... de noite e quando saio para o trabalho, desligo as TV'S e os restantes aparelhos... na cozinha tenho um forno e o microondas que tem o relógio, também desligo... na comidinha,o que sobrar nunca deito fora, isso nem pensar... aproveito para o jantar ou para o outro dia, ou então congelo... roupa, só utilizo a máquina de lavar quando tiver roupa suficiente para a encher... só utilizo a máquina de secar roupa, quando sou mesmo obrigada a isso... em alimentação, também aproveito os talões de descontos, mas apenas naquilo que consumo...e a grande maioria dos produtos que compro são de marca branca, continente, pingo doce... bem mais baratos, e de igual qualidade e sabor... e pronto, não estou a lembrar-me de mais nada :o)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  10. Oi Luciana!
    As tuas dicas são muito úteis. Em termos de poupança ainda tenho um caminho a percorrer...
    Onde gastamos mais são nas compras de supermercados e a comer fora aos fds. Péssimo para a carteira e para a dieta...

    PS. Adorei a carteira!

    ResponderEliminar
  11. Olá Luciana!
    Como sempre as suas dicas são muito úteis.
    Tinha uma questão a colocar-lhe... como é que consegue programar a sua mfp! Tenho uma igual e não consigo programá-la!
    NOTA: Acompanho o seu blog diariamente à cerca de 5 meses e tem sido uma inspiração para a minha luta contra o peso.

    Obrigada por partilhar os seus cuidados de saúde e não só connosco.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá...e obrigado pelo comentário.
      Programara a mfp: faço os procedimentos normais, escolho o programa, o peso, mais ou menos cozido...e depois carrego no botão + do tempo e vou pressionando até estar na hora que quero. Atenção: se forem 20h e quiseres o pão para as 6h da manhã, tens de fazer conta com o tempo que o pão demora a fazer. Ou seja, se o programa for de 3h, tem de aparecer no temporizador 10h para terminar mesmo às 6h da manhã.
      Espero que consigas, mas no livro das instruções podes ter mais detalhes :)

      Eliminar
  12. olá Luciana, desculpa só responder agora... no outro dia perguntaste-me se eu comia massa para além da integral? eu não percebi bem a pergunta mas sim, como qualquer uma mas tenho sempre os dois tipos em casa e tb vou variando :)
    beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu (acho) que estava a perguntar se também comias massa integral, mas se me expressei mal devia ser do adiantado da hora :)
      beijinhos

      Eliminar
  13. Olá :D

    Muito obrigada pelo teu comentário :D Por acaso eu sempre quis ir para Neurologia ou para Psiquiatria, mas estou a ter uma experiência tão boa e a ter um feedback tão grande que estou a ponderar ir para Endocrinologia :D Eu sempre fui uma interessada destes assuntos, mas agora ando a aprender imenso :)

    Beijinhos e tem um óptimo fim-de-semana :)

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Um caso cabeludo...

Como é do conhecimento geral ( ou não!), a minha "área capilar" é dos sítios onde mais dinheiro tenho investido. Isto desde 2000 e troca o passo...
Sabem quando as mulheres se sentem invejosas com alguma coisa no corpo de outra mulher? Pois...a coisa que eu mais invejo é uma farta cabeleira e ver cabelos novos espetados a nascer! Esqueçam lá as coxas trabalhadas e os braços definidos! Se eu pudesse açambarcar alguma coisa de outra pessoa, era um cabelo mais farto.
Com a gravidez, não dava para fazer grande coisa, já que a maioria dos produtos eram contra indicados. Estava perfeitamente mentalizada que só iria retomar os tratamento lá para Outubro (supostamente seria quando deixaria de amamentar). Como as coisas tomaram outro rumo, deixou de haver razão para não atacar o mal pela raiz!
Alguns dias depois de ter parado a amamentação por completo, voltei aos cuidados capilares. Durante a gravidez o cabelo andou "o normal". Não senti "aqueles" benefícios tod…

Cuidados da pele - Rotinas e ácidos "The Ordinary"

Não sou dermatologista, nem facialista, nem especialista de coisa nenhuma, por isso a informação deste post reflecte a minha experiência pessoal e o que tenho pesquisado e lido em publicações que considero fidedignas.
Se me falassem há uns anos de "peeling" ou achava logo que era uma coisa muito radical e por "exfoliante" entendia que era aquela pasta dolorosa tipo "areia com agua". Com as pesquisas, fui entendendo as coisas de uma maneira diferente.

Adoro ouvir falar quem sabe realmente sobre produtos e explica as coisas de maneira que os leigos entendam. Recomendo vivamente duas senhoras que trabalham na "beauty industrie" : Caroline Hirons (UK) e  Stephanie Nicole (US) .

A minha pele da face sempre foi "boa". Não tive grandes crises de acne, nem marcas muito visíveis e sempre suportou confortavelmente as minhas oscilações de peso. Nos últimos anos, tenho-me preocupado mais com a qualidade da pele e menos com a maneira de disfarçar as im…

Hormonas e os seus efeitos colaterais

A queda de cabelo é um grande problema que tenho. Na realidade sofro de alopecia androgenética, ou seja "calvice tipicamente masculina". Vou controlando a situação com tratamento: gotas + pílula Diane 35 + Androcur. Este medicamente é o meu milagre e o meu desespero! Na Bula: "O Androcur é um medicamento hormonal que bloqueia o efeito de androgénios...; tem influência favorável em situações androgenodependentes, tais como crescimento excessivo de pêlos no hirutismo (NOT ME), perda de canelo (alopecia androgenética)..."(ME, ME!!!) Não é nada de alarmante porque me acontece SEMPRE que retomo o tratamento. Já tenho esta prescição há uns 3 anos e depois de alguns meses, faço uma paragem que acaba por coincidir com as alturas em que consigo andar mais equilibrada na balança.Tive de retomar o tratamento, mas estou expectante de que esta fase de adaptação, que costuma durar uns 3 a 4 meses, passe depressa. Os efeitos secundários em mim e que estou a sentir agora: Tensão Mamá…