quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Apontamentos da noite...

Hoje, não tinha homem para jantar, por isso, a seguir ao trabalho ainda fui "laurear a pevide" com a mãe e irmã.
Previsão de chegada a casa: 20h20.
Sabia que não me queria meter na cozinha, mas estava-me a apetecer "algo" a puxar para a "fast food"...
Parei na padaria, e comprei 1 (uma) brindeira. Estou a falar de uma padaria que vende quantidades industriais de pão. Ainda pensei :"levo mais e congelo o resto", mas reformulei a minha cabeça..."se só preciso de uma, para que é que vou levar mais? só para não parecer mal?!Ganha juízo e compra só o que queres".
Cheguei a casa, liguei o grelhador e em 10 minutos fiz um hambúrguer de peru, com uma fatia de queijo magro derretida, dentro da brindeira morninha (a que tirei parte do miolo) e acompanhada de uma bela salada.
Não é das coisas mais apropriadas para a noite, mas acho que ficou interessante!

Jantar
Saquinho com a minha brindeira.                                     
Sobremesa do jantar - Meio quilo de pêssegos acabados de apanhar...
Ainda disse que não queria trazer, mas quem é que convence as mães?!
Estrago estimado em 230Kcal

7 comentários:

  1. Bem, nunca tinha ouvido a palavra 'brindeira'! Nem sabia sequer o que era!

    ResponderEliminar
  2. +Uma dúvida, tirar o miolo baixa muito as calorias do pão? Ficou com óptimo aspecto!
    Deixa lá, a fruta tem açucar e calorias, é certo, mas é livre de gorduras :)
    Beijinho

    ResponderEliminar
  3. Loh-la - Portugal é tão pequeno e tão diverso!Aqui na região, as bolas de pão caseiro, chamam-se brindeiras. Nos "santos" também há as brindeiras doces com frutos secos (grande desgraceira!)
    Ana - não baixa drasticamente. Fica com menos peso, e por isso baixa uma bocadinho. O pão deveria ter umas 100gr e ficou com umas 85gr. :)

    ResponderEliminar
  4. Também gosto de brindeiras!
    Costumamos ir passar alguns dias na casa da avó do Filipe, na Cela -Velha ou a S. Martinho e foi lá que ouvi essa palavra pela primeira vez, há muitos anos. Também é na zona de Alcobaça, não sei se conheces.
    Mesmo assim, não foi um estrago muito grande!

    ResponderEliminar
  5. Engraçado a quantidade de nomes que o pão tem! :)
    Quando me apetece algo tipo fastfood também faço isso! Muito bom!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Os meus pais fazem pão caseiro com farinha trigo cultivado e moído na terra onde vivem, cozido em forno a lenha. Uma delicia!
    Já a minha avó materna fazia este pão, e gentilmente fazia um pão pequenino para os mais pequenos e chama-lhe um brindeiro.
    E este teu post fez-me lembrar o brindeiro da minha avó.
    Quando os meus pais fazem pão, tb fazem o brindeiros para os meus sobrinhos quando eles estão cá. Acho que vou dizer-lhes para fazer um para mim tb. :D

    Bjinhos

    ResponderEliminar
  7. Tudo muito bom ar. E as mães têm essa função: estragar-nos com mimos ;)

    ResponderEliminar