segunda-feira, 12 de julho de 2010

Amor.

No meio de uma festa, ele sorri para ela e diz "depois eu ligo-te quando chegar", e ela acenou a consentir. Eu estava no mesmo espaço físico (e mais umas 50 pessoas), mas aquele momento foi só dos dois. Olhei para eles e a única coisa que vi foi : amor. Tão simples como isso, amor. E senti uma inveja boa, porque a minha amiga, que tanto merecia, tinha aquilo.
Dedicado a PSG.

1 comentário: