quarta-feira, 28 de abril de 2010

Continuação do aniversário...

O resto do dia foi bem passado, e à noite a minha família veio cá para um cafezinho e para cantar os parabéns.Todas as pessoas importantes na minha vida se lembraram de mim, e isso faz-me feliz. Quanto a comer, e apesar de haver uma hiper variedade de docinhos e mimos, não comi nada, nem sequer provei o bolo de aniversário. Tenho por experiência que a minha compulsão começa, mesmo com as coisas mais simples. Eu não consigo comer apenas uma fatia de bolo, sem que fique o resto da noite ou do dia a pensar nisso, e em quando vou comer mais. O jantar, foi atum, feijão e salada, porque queria arrumar a cozinha cedo.
Agora ao pequene almoço, tudo normal, mas optei pelo peito de peru.


terça-feira, 27 de abril de 2010

Hoje o dia é meu.

O dia começou cedo e às 6h30 meti pernas para fazer 50 minutos de caminhada. Só quando cheguei a casa é que refastelei com um bom pequeno almoço, um bocadinho diferente...

Parabéns para mim!!! Faço 30 anos hoje.

Este dia está a ser atípico em temos da minha alimentação. Estive a trabalhar das 9h às 11h, só para organizar o mais urgente, e tirei o resto do dia de férias. No meio da manhã, bebi um café longo, e foi a correr porque ainda fui à inspecção com o meu bogas, vulgo carro. Passou, mas devo ter causado muito boa impressão ao inspector, porque ele me perguntou: "é a primeira vez que vem?", e eu "-não", e o Sr. prosseguiu "-então não é costume conduzir este carro?", com uma vermelhidão na cara, respondi "conduzo este carro todos os dias". Nota - daqui a 2 dias o meu carro vai fazer 10 anos de existência nas minhas mãos e não sou má condutora (nunca bati, e não faço filas atrás de mim!), mas a cena de "pisca, marcha-atrás, engate, travão..." deve deixar uma mulher confusa!
Fui a casa dos meus pais para estes me darem os parabéns e acabei por cravar o almoço: frango guisado (sem peles, nem molho), 1 colher de arroz (pq era branco), e alface. Paguei o café à minha irmã, e vim para casa fazer uns docinhos para a noite.
Lanchinho

segunda-feira, 26 de abril de 2010

Feira do Livro

...na Benedita.
Controlei-me porque a carteira está curta, e comprei apenas um livro de uma escritora local, Vanda Furtado Marques "D. Nuno, O Santo Cavaleiro", devidamente autografado. Em versão bilingue Português/ Inglês, o que é bastante interessante.  

domingo, 25 de abril de 2010

Notas da minha vida.

Bom dia!!

Ontem, acabei por só "despegar" dos meus trabalhos domésticos, às 18h00. Hoje só falta passar a roupita a ferro, mas em 1 hora despacho isso.
Levantei-me às 6h30, e tomei um bom pequeno almoço descansada. Adoro fazer isto quando os primeiros raios de sol se levantam e começam a iluminar a minha cozinha totalmente virada ao nascente...
Outra questão ... peso-me sempre aos domingos e este não foi excepção. Sabia que esta semana tinha comido mundos e fundos e o resultado apareceu na balança. 72,400Kg para 1,64 não é o melhor para a saúde. Quando emagreço sinto-me melhor, mas pelo que as pessoas dizem, fico mais feia, porque perco mais nitidamente na face e peito. O pior do sobrepeso é o que isso significa para as minhas pernas, que já por si reclamam do cansaço que se torna em inchaço e má circulação. O calor não ajuda nada, mas detesto o frio, e prefiro um dia com um solzão espectacular e dor nas pernas, do que um dia de inverno que não contribui em nada para a minha boa disposição.
Assim sendo, o meu investimento pessoal nos próximos 5 meses - deadline 25 de Setembro de 2010- será na Reeducação Alimentar. Não sei ainda qual é a meta em Kilos, porque vivi a minha toda em efeito sanfona, mas quero ir devagarinho e segura de que vou perdendo massa gorda.
Eu alimento-me bem: comida saudável: fruta, legumes, cereais integrais, pouca carne vermelha, no mínimo bebo 4 litros de água, não uso açucar, nem sequer adoçante... E porque é que tenho problemas de peso? Porque descarrego a minha ansiedade em cima da comida. Se tiver um pão em cima da mesa, sou capaz de comer todinho, mesmo sem conduto, só mesmo pão! se eu descobrir um pacote de bolachas, não consigo comer apenas uma, e sei que vou comer o pacote inteiro (razão pela qual, se estou mais equilibrada não tenho em casa)!A verdade é que sou perdida por doces e hidratos de carbono, e quando estou numa fase pior, não consigo conviver normalmente com eles.
Normalmente o pequeno almoço é sempre assim!).

quinta-feira, 22 de abril de 2010

This is me then...

                                
Ninguém muda de um segundo para o outro. Leva meses, anos, talvez uma vida inteira, mas mesmo assim, procuramos alterar as coisas que nos incomodam ou que achamos menos certas. 
Não nos podemos acomodar ao que conhecemos e que achamos seguro, apesar de ser sempre o mais confortável e fácil.
Objectivo do blog = motivar-me a mudar para melhor!